É claro que assim que você adotou seu novo amigo, a primeira coisa que fez foi comprar uma coleira. Mas será que utilizar coleira é bom para o cãozinho? Vamos descobrir!

Para cães, passeios regulares são pré-requisito. Ou seja, ter uma coleira acaba entrando nesta lista quer seu amigão goste ou não. O importante é fazer a escolha do modelo de forma consciente levando em consideração o tamanho, os tipos de ajuste, a raça do seu cachorro, o material da coleira e etc. É comum que ele não goste do acessório em um primeiro momento, porém é importante observar se o incômodo dele ocorre devido a apenas não estar acostumado ou por estar muito apertada ou grande.

Uma dica importante é não chegar já colocando a guia em função de ser muito mais complexa e deixar o cão mais preso. Acostume-o primeiro com a coleira e depois que ele estiver bem habituado, traga a guia. Faça treinos dentro de casa, leve-o para passear de um quarto ao outro, da cozinha até o banheiro e assim por diante. O ensine a andar ao seu lado e a responder aos comandos que você faz na guia. Quando você mandar que ele pare e ele obedecer, o bonifique com carinho e palavras de encorajamento. Agora, quando ele for rebelde e não obedecer, utilize palavras mais firmes, lembre-se que aqui o tom que você utilizar é que fará a diferença.

É bom colocar coleira no cachorro? 4

Quando você sentir que ele está bem disciplinado, é momento de leva-lo para passear nas ruas, explorando a sua vizinhança. A coleira é muito importante nestes casos pois ninguém está livre de acidentes, logo ela previne que ele corra para a rua ou se assuste e dispare correndo. Além disso, invista em uma identificação para colocar junto com seu nome, telefone e endereço, assim garantindo que caso o pior aconteça e ele fuja, alguém possa encontra-lo e leva-lo até você. Ou seja, não é apenas bom como praticamente imprescindível o uso da coleira, basta você escolher o modelo correto e treinar seu amigão.

Gostou da informação? Comente!