É comum tutores brincarem que seus cães estão namorando, principalmente quando um cachorro convive muito com uma cadela e demonstra afeto constantemente. Também dizemos que nossos cães nos amam quando chegamos em casa e eles estão lá, eufóricos nos esperando. Entretanto, será que um cachorro pode sentir amor?

Pesquisas comprovaram que a mente de um cão é equivalente a de um ser humano de dois anos e meio, mais ou menos. Isso significa que eles sentem uma grande gama de emoções que em comparação às dos seres humanos adultos, são menos desenvolvidas. Entretanto, elas existem! Ou seja, assim como uma criança pequena, eles tendem a amar profundamente assim como odiar. Um estudo realizado pela Universidade de Emory, EUA, comprovou que a parte do cérebro dos cães que guardam emoções positivas é muito similar a parte do seu humano. Isso faz com que eles sintam sentimentos de amor, amizade, apego e claro, paixão.

Como funciona

Uma grande reação de hormônios resulta em estímulos que o fazem agir de forma diferente, seja com outros cães, com seres humanos ou animais de outras espécies. Só que a grande diferença está na forma como esses sentimentos existem e se expressam. Nós, seres humanos temos um nível conceitual, simbólico e subjetivo de demonstrar o amor e também de senti-lo. Já o cachorro não possui essa capacidade, ele não conceitua ou interpreta ações e por isso, age diretamente com seus instintos de forma impulsiva. Por isso amam e odeiam com tanta ênfase, a verdade é que seus sentimentos são muito mais puros.

Cachorro pode sentir amor? 2

Leia também: Como fazer biscoito de maçã para cachorro em casa

A relação amor/convivência

Devido ao seu instinto de vínculo que vem de sua origem quando vivia em manada, o cachorro tem a tendência de amar e ter sentimentos intensos com pessoas e animais com os quais convive diariamente. Antigamente, a ligação dos cães com seu alfa era fortíssima, desenvolvendo vínculos para toda a vida. Isso explica o porquê de um cachorro nunca esquecer seu dono nem amigos e pessoas com as quais conviveu por algum período. Isso também explica o porquê de ele sempre receber você em casa extremamente eufórico. Quanto mais um cachorro convive com alguém, mais amor ele sentirá. Simples assim.

Responsabilidade

Como tutor, você tem o maior amor do mundo. O mais puro. Valorize, tenha responsabilidade com este fato e o ame de volta com a maior intensidade que seu coração aguentar. Ele merece pois sempre estará ao seu lado independente do que ocorra. Ter um amor como este exige muita responsabilidade, muito respeito e muita compreensão.

“Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dará o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?” John Grogan, Marley e Eu.