Caneca para Presente

Se você está pensando em adotar um cachorro em ONG ou fez um resgate das ruas, tenho que dizer… Parabéns por esta linda decisão e seja bem-vindo aos melhores dias da sua vida. Tenho certeza de que você esta ansioso e nervoso com esta nova vida que acaba de trazer para sua casa e por isso hoje vamos dar algumas dicas e sugestões para que esta convivência seja a mais linda possível.

A primeira coisa que você precisa saber é que mesmo ele sendo novidade na sua vida, ele já possui uma bagagem emocional do tempo em que não estava com você. Isso significa que ele precisará de muito carinho para confiar em você seja ele adotado ou resgatado. No caso de filhotes, lembre-se que ele provavelmente está saindo do quentinho de sua mãe e irmãos para ir viver com você e para sua adaptação, será necessário muito amor e paciência. É normal que ele chore nas primeiras noites com saudade de casa e para resolver isso tranca-lo no banheiro não irá adiantar. Só amor e calor podem mudar essa situação. Além disso, antes de se responsabilizar por uma vida é importante responder algumas perguntas para si mesmo:

Eu vou cuidar deste pequeno por toda a vida ou irei abandona-lo na primeira dificuldade?

Uma adoção não deve ser de um ano ou dois. Cães vivem um mínimo de 10 anos dependendo do porte e você precisa ter a noção de que terá de ficar ao lado desta vida por todo o período. Mesmo ele fazendo xixi no seu tapete, destruindo sua cama ou comendo suas cadeiras. Nem tudo será um sonho e com certeza você enfrentará alguns problemas com ele, porém precisa saber se terá a força de administrar a situação ou se irá dá-lo na primeira dificuldade. Se for esta segunda opção, sugiro que não adote.

O que devo saber antes de adotar um cachorro? 2

Estou preparado para as mudanças que adotar um cachorro trará?

Uma nova vida em casa trará muitas mudanças para sua casa, more você sozinho ou com sua família. Seu cachorro exigirá espaço na casa, irá dominar as áreas, precisará de brinquedos e alimentação e será sua responsabilidade. Ao adotar um cachorro, você não pode simplesmente sair viajar com a mochila nas costas e deixa-lo lá, precisa ter já uma dinâmica definida e alguém para cuidar dele sempre que desejar sair. Além disso, é normal que ele faça bagunça, ele precisará fazer xixi e cocô, o que significa que você passará algum tempo dos seus dias limpando esta sujeira. Ele soltará pelos, morderá seus móveis e tudo isso deve ser levado em consideração.

Leia também: Cachorro pode sentir amor?

Tenho condições financeiras para arcar com tudo?

Um cachorro precisa se alimentar com uma boa ração, precisa de brinquedos, vacinas periódicas, visitas ao veterinário, banhos e isso é só o básico. Ele pode adoecer em algum momento e você precisará de grana para bancar o veterinário e tratamentos. Ele também irá envelhecer e precisará de diversos cuidados nesta fase da vida, cuidados que custam caro. Ele também precisará de cama, de roupinhas no inverno, cobertores, precisará ser castrado, de babá quando você viajar… Enfim. Você pode arcar com tudo isso?

Vale a pena adotar um cachorro?

Depois deste choque de realidade você deve estar se perguntando… Será que todo esse esforço vale a pena? Devo mesmo adotar um cachorro? Preciso dizer, meu amigo… Vale! Pense que você terá consigo um companheiro para toda a vida. Um serzinho que estará sempre lá fazendo besteiras para você dar gargalhadas até mesmo no dia mais estressante. Que o estimulará a estar bem por ele, que fará você sair de casa pegar um sol mesmo com a maior preguiça… E que principalmente: Amará você de forma pura e incondicional. Será que vale a pena? Garanto que sim!

Você já é um tutor? Conte nos comentários sua experiência e encoraje novos tutores!

Caneca para Presente