A otite externa em cachorros é uma inflamação bem comum e tutores mais experientes sabem que ela aparece às vezes. Porém, para pais de primeira viagem, ela pode ser bem assustadora. Vamos conhecer mais sobre este transtorno?

Em resumo, a otite externa é uma inflamação que acontece no canal auditivo externo e que pode ou não afetar a membrana do tímpano e ser ou não acompanhada de infecção. São estes aspectos que irão influenciar na gravidade da doença. Para que você consiga cura-la é muito importante identificar sua causa para definir o melhor tratamento junto com seu veterinário, assim evitando que se torne crônica.

Como saber se meu cão está com otite externa?

Para saber se seu cãozinho está com este problema é preciso observar os sintomas. Caso você suspeite dessa possibilidade, não demore para leva-lo ao veterinário para que você consiga trata-lo rapidamente, evitando sofrimento. Vale ressaltar que os sintomas variam de acordo com a gravidade, são eles os seguintes:

  • Vermelhidão na parte interna da orelha
  • Agitação da cabeça
  • Coceira no ouvido
  • Dor ao encostar na área
  • Secreção em caso de infecção
  • Em caso de otite externa crônica pode ocorrer o odo-hematoma e até mesmo surdez

O que causa esta doença?

A otite externa tem diversas causas e identifica-la é de suma importância para realizar um tratamento preciso e eficaz, veja as principais causas:

  • Parasitas
  • Corpos estranhos ou traumatismo
  • Dermatite atópica
  • Reações alérgicas a medicamentos
  • Parasitas
  • Neoplasias ou pólipos que acabam obstruindo o ducto
  • Transtorno de queratinização que acaba ressecando a pele, este sintoma também esta relacionado à doenças endócrinas como hipotireoidismo
  • Doenças autoimunes

Tudo sobre a otite externa em cachorros 2

Tratamento

Para tratar a otite externa canina você precisa ir até seu veterinário que realizará um exame otoscópico aliado a citologia para verificar a gravidade da situação. O objetivo do tratamento é controlar a inflamação do ducto e eliminar a possível infecção. Então, lhe será prescrita uma medicação que deve ser colocada diretamente no ducto agindo diretamente na área do problema.

Comprimidos são sempre evitados quando possível para evitar efeitos colaterais. De 7 a 15 dias após o início do tratamento você deverá levar o cãozinho até o veterinário novamente para que ele possa fazer um segundo exame e descobrir que o problema foi curado.

Medicamentos alternativos e naturais para otite externa

Existem alguns medicamentos caseiros que você pode sugerir para seu veterinário, assim apostando em uma cura com remédios naturais ao invés de vindos da indústria farmacêutica, são eles:

Vinagre de maça: devido a suas fortes propriedades antissépticas que ajudam muito na recuperação do ouvido. Para utilizar, basta colocar água morna até a metade de um copo e encher o restante com vinagre de maça, então misture bem. Vá aplicando lentamente a mistura dentro do ouvido do cachorro para limpar a cera.

Óleo essencial de árvore do chá: O nome pode parecer estranho, porém quando misturado com azeite de oliva é um santo remédio. Para utiliza-lo, misture meio copo de azeite de oliva com 20 gotas do óleo essencial e misture bem. Então, vá pingando a mistura no ouvido do cachorro por vários dias até os sintomas desaparecerem. Esse óleo essencial possui grandes propriedades antissépticas, bactericidas e antivirais.

Chá verde: O chá verde é muito bom na diminuição de infecções e inflamações, isso além de ajudar a minimizar as dores. Você deve apenas fazer a infusão e deixar esfriar. Quando frio, coloque umas gotinhas no ouvido afetado e use até os sintomas desaparecerem.

Seu cãozinho já sofreu com esta doença? Comente!