Canecas para Presente

Se você tem um filhote de cachorro em casa já deve ter percebido o quando ele gosta de morder, roer e usar seus dentinhos finos como agulha. Entretanto, você sabe por que eles mordem tudo?

Dentre as atividades diárias de um cachorro filhote estão dormir muito, comer/mamar, latir, rosnar e claro, morder. Morder muito! Quando um filhotinho convive bastante com sua mãe é comum ver que quando ele começa a fazer bobagens, ela morde seu focinho de leve para demonstrar sua advertência. Ou seja, mordidas fazem parte deste universo mágico dos cães.

O primeiro passo para a compreensão das mordidinhas é entender que isso não é um sinal de agressividade, mas sim de brincadeira. É assim que ele começará a interagir com seu tutor, então nunca confunda este sinal com violência e interaja de volta com muito carinho e coceirinhas na barriga.

Dentes!

Os dentes também são um fator determinante, isto porque a dentição de leite começa a cair no 3º mês e vão até o 5º/6º mês quando, no 7º mês, finalmente os permanentes terminam de crescer. Durante todo este período é muito comum que as mordidas se tornem ainda mais frequentes devido a todo o incômodo e dor causado pela troca dos dentinhos. Caso você comece a se incomodar com este fato, é importante ir até o veterinário e informar a situação para receber as melhores orientações como proporcionar medicamentos ou brinquedos.

morder

Leia também: Por que meu cachorro cava a terra?

Comportamento e causas…

Depois, é preciso se lembrar que as mordidas são um comportamento instintivo e desde que ele não machuque você, é importante que você respeite e traga alternativas para resolver a questão. Você precisa ensina-lo e adestra-lo e o primeiro passo é conhecer sua motivação. Veja a lista a seguir com algumas possibilidades:

  • Tédio e para terminar com isso é simples: proporcione muuuuitos brinquedos;
  • Excesso de energia causado pela falta de passeios;
  • Ansiedade já que quando você não está, ele passa o tempo todo aguardando você para brincar. Quando você finalmente chega, é sinal de festa e muuuuitas mordidas;
  • Para coçar a gengiva durante a troca dentária;
  • Por sentir medo ou ameaçado;
  • Para chamar sua atenção para brincadeira;
  • Por estar com fome ou sede;

Como ensina-lo a parar de morder?

Comece sabendo que precisará ter muita paciência, dedicação e carinho. Nunca bata nele para repreende-lo pois isso não ensina, apenas o deixará com medo e assustado, destruindo sua relação com ele. É preciso usar a voz e falar com firmeza. Quando ele começar a morder você compulsivamente, abaixe-se ficando próximo do olhar dele e diga com muito ênfase e mencionando seu nome: filhote, não pode morder! Não grite já que isso causará medo, apenas seja firme e faça-o entender. Fale diversas vezes até que ele entenda e pare. Além disso, deixe a disposição brinquedos divertidos para que ele morda bastante e gaste toda sua vontade e desejo de usar os dentes.

Demonstre que suas mordidas doem e que não são nada agradáveis dizendo ‘ai, isso dói!’. Caso ele esteja mordendo algo que você gosta, jamais arranque da boca dele a força pois isso pode machucar seus frágeis dentinhos e sua gengiva também. Faça-o obedecer seu comando e soltar utilizando palavras em tom firme. Se mesmo assim ele continuar, não desista. Aqui entra a necessidade de ter paciência. Repita inúmeras vezes até ele finalmente compreender, cães são muito inteligentes e uma hora ou outra irão entender o que você está ordenando.

Você já passou por este problema em casa? Comente!