Canecas para Presente

Quem não adora um delicioso amendoim torradinho que atire a primeira pedra e quando estamos comendo, é normal que o aroma desperte a atenção de nossos cachorros. Entretanto, será que ele pode comer também?

Pois bem, a grande maioria das oleaginosas não são boas para nossos amigos cachorros, entretanto o amendoim não é uma delas. Ele não é tóximo para os cachorros e crus, são uma ótima fonte de Vitamina E, Biotina, Vitamina B3 e B1 além de diversos outros. Porém, é preciso lembrar que eles são ricos em gordura e por isso é muito importante ter cuidado. Excesso de gordura, mesmo que seja a chamada gordura boa, pode afetar a digestão do seu amigo, causar diarreia, vômito e dores de barriga. Em casos de excesso extremo é possível que ele chegue a desenvolver pancreatite, um tipo de inflamação que ocorre no pâncreas.

Cuidados importantes

É importante dar pouquíssima quantia e de forma ocasional, um grão que outro enquanto você com. Além disso, só podem ser dados amendoim torrado seco, amendoim cru e amendoim sem sal, os demais pode fazer muito mal a longo prazo. É claro, se você derrubou um grão de amendoim salgado e ele comeu, isso não irá intoxica-lo, entretanto não deve ser dado.

Benefícios do amendoim

Se você souber administrar com moderação e precaução, segundo as indicações acima, os cães podem se beneficiar muito deste alimento devido a suas gorduras boas e também nutrientes. Essas gorduras são excelentes para manter o coração do seu amigo saudável, assim diminuindo a chance de doenças cardiovasculares. Existe 25 gramas de proteína a cada 100 gramas de amendoim, o que também é excelente para nossos amigos peludos.

amendoim

Leia também: Cachorro pode comer pão?

Além disso, o amendoim possui biotina – vitamina do complexo B – que é excelente para a saúde tanto da pele quanto do pelo, também possui tiamina – Vitamina B1 – é excelente para que o organismo faça a conversão do alimento em energia. Ela também auxilia o organismo a produzir células necessárias para um novo material genético, Niacina – Vitamina B3 – que é a responsável pela produção de colágeno e dos pigmentos da pele e Tocoferol – Vitamina E – que é um potente antioxidante que faz muito bem a pele, pelos, músculos e sistema reprodutivo.

Resumindo…

O primeiro passo é perguntar a opinião do seu veterinário devido as particularidades da saúde de cada cachorro. Depois de liberado, você precisa se lembrar das condições. Deve ser sem sal, cru ou torrado, sem mel, sem açúcar, sem temperos e sabores em geral. É preciso de moderação, pois é um alimento extremamente gorduroso. Ele também não deve de forma alguma substituir a ração, sendo dado como um petisco às vezes, só para ver seu amigão feliz e contente. Vale lembrar que a manteiga de amendoim também está liberada, desde que seja 100% integral e não possua xilitol e aditivos químicos.

Tome muito cuidado com a saúde do seu cachorro porque no final das contas, ele só tem a você para isso.