É muito comum que tutores fiquem furiosos e estressados por seus cachorros estarem roendo tudo! Mas afinal, por que cachorro rói os móveis? Vamos descobrir!

Por que ele rói tudo?

Existem diversas razões para seu cachorro estar roendo os móveis, eles podem estar com os dentinhos nascendo, sentindo necessidade de exercitar a mandíbula, por não possuírem brinquedos e objetos adequados para que possam roer, por serem pouco exercitados, por ficaram mais do que 4 horas seguidas sozinhos, por sentirem medo, por estarem ansiosos ou por sua raça ter a característica de usar muito a boca. Essas são todas razões que podem facilmente serem resolvidas sem você precisar trancar seu cachorro na área de serviço.

O que fazer para evitar?

Cachorros tem muita energia e são seres muito sociáveis, logo o primeiro passo é mantê-los sempre exercitados, gastando toda sua energia com caminhadas, passeios e brincadeiras. Além disso, evite deixa-lo sozinho o dia inteiro, pois é durante o tédio que ele rói TUDO o que vê pela frente. Além disso, ele precisará de muitos brinquedos e objetos que possa se divertir roendo uma tarde inteira, assim gastando toda sua vontade de mastigar no local correto.

Quando um cachorro é ainda filhote, é muito normal que eles roam tudo em função do crescimento dos dentinhos que dói e coça muito, roendo eles aliviam estes sintomas e se sentem melhor. O ideal neste caso é mantê-lo em um local seguro longe dos móveis onde tenha cobertor, caminha e muitos, mas muitos brinquedinhos para roer e se divertir. É muito importante lembrar que nenhum cachorro pode passar mais do que 4 horas trancados em algum local – a não ser que seja noite e ele esteja dormindo. Isso porque a tendência de ficarem ansiosos e desenvolverem até mesmo depressão é muito, muito grande quando vivem esta situação.

Ter um cachorro é uma grande responsabilidade e caso você não possa passear com ele, ficar com ele e não deixa-lo sozinho, é melhor não adotar.

Leia também: Por que filhotes de cachorro gostam de morder tudo?

O que evitar

É preciso repreender seu cachorro sempre que ele rói algo e premia-lo quando ele for roer, mas não o fizer. Também é preciso monitorar, ficar de olho e ensinar a ele o que pode e o que não pode fazer. Ele não nasce sabendo onde ele pode roer ou não pode roer, é você  responsável por instruí-lo. Nunca o puna prendendo em um ambiente, pois isso pode trazer consequências sérias como ansiedade e depressão devido a sensação de abandono.

Também não restrinja sua participação na casa, o proibindo de ir até a sala ou quarto, por exemplo. Como disse acima, cães são extremamente sociáveis e precisam de pessoas e outros animais para viver de forma saudável e feliz, então restringir seu espaço pode ser muito, muito maléfico para o crescimento do pequeno. Faça com que ele se sinta feliz e acolhido, adestre-o e lhe dê todo o amor que conseguir, ele com certeza irá retribuir.

Você sabia dessas dicas? Comente!