Canecas para Presente

Isso mesmo! Nosso país com toda esta belíssima diversidade e você achava que não existiam raças brasileiras de cachorro? Hoje nós vamos apresentar a você 5 delas! Vamos lá?

Terrier brasileiro

Conheça 5 raças brasileiras de cachorro 5

Começando nossa sessão de raças brasileiras de cachorro tempos o terrier brasileiro também conhecido como Fox Paulistinha. Ele possui de porte médio a pequeno e seu tamanho é determinado pela genética. É bastante famoso por aqui e possui um corpo de perfil quadrado com linhas suaves, dando a ele grande elegância. Sua mais presente característica são os pelos curtos e lisos extremamente próximos uns dos outros, assim fazendo com que a pele não apareça. Sobre sua personalidade, o terrier brasileiro costumam ser hiperativo, muito inteligente e curioso, sendo alegre e perspicaz. Também é conhecido por ser independente, carinhoso e leal, podendo também ser muito teimoso e territorialista quando há falta de socialização.

Ovelheiro Gaúcho

Canecas para Presente

Conheça 5 raças brasileiras de cachorro 6

O segundo da nossa lista de raças brasileiras de cachorro é o magnífico Ovelheiro Gaúcho. O Cachorro Amigo é um projeto gaudério e é claro que esta raça não poderia faltar! O Ovelheiro Gaúcho foi registrado há pouco na Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e ainda aguarda reconhecimento de sociedades internacionais. É um cão belíssimo de porte médio extremamente inteligente, ágil e possui um temperamento ativo, alerta e legal. Ele é um pouco semelhante ao Border Collie, porém não se sabe exatamente quantas raças foram mescladas para o nascimento do Ovelheiro Gaúcho. Esta é uma raça especialmente usada no pastoreio do gado e ovelhas assim como para proteger as terras de seus tutores.

Buldogue Serrano

Conheça 5 raças brasileiras de cachorro 7

O terceiro é o buldogue serrano, uma raça de origem confusa e mista e que em muitas ocasiões tem sua história confundida com o buldogue campeiro. Segundo a Confederação Brasileira de Cinofilia, ambas as raças sempre existiram, porém sua aparência física trouxe confusão a nossos registros históricos. Acredita-se que os primeiros Buldogues Serranos tenham surgido do cruzamento entre cães nativos do sul do Brasil com o Buldogue Inglês e o Old English Bulldog (já extinto). Estas raças teriam acompanhado os imigrantes no processo de imigração para o sul e assim, chegaram aqui já cruzando com todo mundo (hehe). Ele é um cão muito utilizado na proteção dos campos produtivos e também para o pastoreio de rebanho bovino. Hoje ela é reconhecida pela CBKC, mas não pelas autoridades internacionais.

Leia também: 5 raças de cachorro que não soltam pelos

Canecas para Presente

Rastreador Brasileiro

O Rastreador Brasileiro é o cara! Ele foi a primeira raça de cães de todo o Brasil a ser registrada pela FCI em 1967. Infelizmente, hoje o rastreador brasileiro é considerado extinto desde 1973. Isso devido ao uso crescente de pesticidas nas plantações e também ao surto de doenças rurais. Eles eram um tipo de cão de caça de porte médio muito sociáveis e enérgicos. Hoje muitos tentam recriar a raça original, porém não obtiveram sucesso até então.

Dogue Brasileiro

Conheça 5 raças brasileiras de cachorro 8

Por último, temos o Dogue Brasileiro que foi originado através de uma cruza entre um Bull Terrier macho e uma Boxer fêmea, sendo obra de Pedro Pessoa Ribeiro Danta, um grande criador de bull terrier que trabalhou entre as décadas de 60 e 80. Porém, diz os boatos que teria sido um vizinho seu o idealizador, pedindo que Danta cruzasse sua boxer fêmea com um de seus bull terrier machos. Então, em 1978 teria nascido o primeiro Dogue Brasileiro, sendo esta a primeira raça de cães do Brasil nascida em área urbana. Devido a sua curiosidade, Danta ficou com um dos filhotes desta gestação e ao perceber que o pequenino crescia forte e saudável, começou a registrar seu corpo forte, ágil e elegante de temperamento obediente e fiel. Devido a seus pais, a raça foi batizada inicialmente de Bull Boxer. Hoje a raça pe reconhecida pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e está perto de ser reconhecida também pela FCI.

Você conhecia essas raças? Comente!