Qual será a melhor ração para seu cachorro? Cada vez mais pessoas estão tendo companheiros caninos em casa e é claro que o mercado acompanhou esta tendência criando uma imensa variedade de marcas, tipos e sabores de ração. Isso acaba nos confundindo na hora de visitar a petshop e por isso hoje vou contar tudo o que há para saber sobre este alimento tão necessário. Vamos lá?

Como faço para escolher a ração?

Primeiro tenha em mente que a ração do seu cachorro precisa ser o mais completa possível, assim suprindo todas as suas necessidades nutricionais. Além disso, esta é a forma mais fácil de alimentar seu cachorro já que ela está pronta, basta servir no pote a quantia correta diariamente e vê-lo feliz, se alimentando. Para escolher a ração ideal o primeiro passo é ler o rótulo para ver o que está sendo oferecido. Caso se sinta inseguro nesta decisão, questione seu veterinário de confiança sobre as necessidades do seu cão para fazer a escolha correta. Ele levará em consideração o porte do seu cachorro, a raça, a idade e o comportamento para fazer esta indicação de forma certeira.

Hoje encontramos rações que variam de acordo com o grau de absorção – quantia de nutrientes absorvidas pelo cão. Ou seja, quanto menor for a digestibilidade, mais o cachorro precisará comer para se sentir alimentado. Além disso, a quantia de fezes também aumentará em alimentos que não são tão bem absorvidos pelo organismo canino.

Leia também: Como sei que meu cachorro está obeso?

Melhor ração

Tipos de ração oferecidas no mercado

Hoje temos algumas nomenclaturas as quais precisamos ficar atentos, elas que definem quais são os ingredientes utilizados, cortantes, sódio e outras informações. Então veja a lista agora e a memorize.

Ração Econômica

Esta é a ração mais barata que você irá encontrar e depende do fabricante a quantidade de ingredientes. Entretanto, ela é conhecida por ser de baixa qualidade, não possuindo nutrientes diretamente de origem animal, sendo que a maioria é sintética. Também costuma ter muito corante e muito sódio: dois grandes venenos a longo prazo. Outro fator a ser considerado é que devido a seu baixo valor nutricional, os cachorros farão mais fezes para colocar fora tudo o que não é útil para seu corpo. Ele também precisará comer muito mais em cada alimentação.

Ração Standard

Esta é muito semelhante a econômica, porém possui um preço um pouco mais alto e possui uma maior variedade de ingredientes. Em resumo, é um pouco mais rica nutricionalmente do que a econômica e em geral é a que encontraremos nos mercados. Porém, também será necessário comer mais dela para ficar saciado, também haverá mais cocô na sua casa e ela também possui baixo teor nutricional e muito corante e sódio.

Ração Premium

Aqui os ingredientes começam a ficar mais seletos e a qualidade começa a subir. É um pouco mais cara que a Standard e a Econômica, porém possui grande qualidade nutricional, o que aumenta a saciedade e também a absorção dos nutrientes, garantindo uma vida mais saudável ao seu cachorro.

Ração Super Premium

Esta é a melhor de todas e não há quem discuta, porém também é a mais cara. Ela possui uma grande quantidade de nutrientes vindos diretamente da proteína de origem animal – nada sintético. Além disso, não possui corante e a quantia de sódio encontrada nela é a exata para beneficiar seu cachorro. Caso você opte por esta verá que ele não comerá tanto quanto come das outras, defecará menos e suas fezes terão menos odor e serão bem durinhas.

Como escolher a melhor ração para o seu cachorro 2

Devo escolher ração seca ou ração úmida?

Além das nomenclaturas variadas, também temos as rações em versão seca ou úmida. Esta segunda em geral é dada como reforço ou ainda como petisco, um pequeno agrado para seu pequenino. Entretanto, a ração úmida possui grandes benefícios para a saúde do seu cachorro quando oferecida da forma correta. É preciso respeitar a transição do alimento seco para o úmido para que isso funcione, porém pode ser bastante benéfico.

Isso porque a ração úmida possui grande teor de água (80% de água e 20% de matéria seca) ajudando na hidratação constante do seu cachorro. Além disso, possuem maior teor de proteína, gordura e fibras solúveis, o que aumenta a sensação de saciedade. Além disso, possui menor quantia de carboidratos. Infelizmente, as rações úmidas acabam sendo mais caras porque são diluídas, possuindo menor quantia de nutrientes por porção e fazendo com que o cachorro precise comer mais para suprir suas necessidades nutricionais.

Ou seja, o ideal para o seu bolso é continuar com a ração seca e dar ocasionalmente a ração úmida para o seu cachorro. Já o ideal mesmo para a saúde do seu cachorro é se informar com seu veterinário sobre quantos sachês seriam necessários para suprir as necessidades do seu cachorro e então investir na troca da ração.

E então, qual ração você usa? Irá mudar? Conte pra gente nos comentários!