Canecas para Presente

Estão chegando as famosas férias de inverno e é claro que as famílias sempre que possível viajam neste período. Entretanto, o que um tutor deve fazer para levar seu cachorro para viajar? Hoje vamos dar algumas dicas importantes para este momento.

Organização é a chave ao levar cachorro para viajar

Existem uma série de coisas que precisam ser feitas antes de colocar o pé na estrada, então anote esta listinha para não esquecer nada e vambora!

Visita ao veterinário

Antes de fazer qualquer planejamento, é preciso saber se está tudo bem com seu cachorro para viajar. Afinal, não seria nada legal leva-lo para passear e descobrir na chegada que ele está doente. Por isso, é importante visitar seu veterinário de confiança para ver se está tudo certo e já aproveitar para fazer a revisão das vacinas e vermífugos. Você também pode aproveitar para tirar dúvidas e medir medicamentos contra enjoo, por exemplo.

Hospedagem bem escolhida

É importante que você escolha bem o local onde irá ficar. Ligue com antecedência para fazer a reserva e pergunte inúmeras vezes se eles aceitam cachorros e quais são as condições oferecidas para o seu pet. É importante também saber se existem clínicas veterinárias próximas e também se há espaço para passeios e caminhadas com o cachorro.

Leia também: Por que cachorro gosta de colocar a cabeça na janela do carro?

cachorro para viajar

Não esqueça das bagagens

É importante arrumar as malas com bastante antecedência para garantir que não faltará nada. Você não pode esquecer de levar ração suficiente para todos os dias, comedouros e bebedouros, tapete higiênico, a cobertinha de estimação, cama, brinquedos, petiscos, carteira de vacinação, medicamentos – se necessário – e tudo o que for necessário ao cachorro para viajar confortavelmente.

Modo de viagem

Cada forma de viagem possui suas próprias regras, por isso é importante estar preparado e saber o que deve fazer antes de por o pé na estrada.

Viagem de carro

Segundo as leis brasileiras de trânsito é proibido que cachorros fiquem soltos dentro do veículo. Por isso, você precisa ter um cinto de segurança próprio para cachorros ou leva-lo em uma caixa de transporte. Assim, ele não irá pular pela janela ou atrapalhar o motorista.

Caso seja a primeira viagem, é importante que você acostume o cachorro para viajar na caixa de transporte ou no cinto de segurança. Para isso basta leva-lo para passear alguns dias antes do grande momento, assim aos poucos ele irá se sentir seguro e ficará tranquilo ao pegar estrada. É importante deixar sempre coisas com as quais ele possa se distrair como brinquedos ou mordedores.

Você também deve fazer uma rotina dentro do carro para que o cachorro coma, beba água e possa fazer as necessidades. Lembre-se de parar a cada duas horas, colocar o cachorro na guia e leva-lo para fazer xixi. Nunca deixe o cão sozinho no carro deviso ao perigo do aquecimento interno do veículo.

Como faço para levar meu cachorro para viajar? 2

Viagem de ônibus ou avião

É sempre importante que você se informe muito bem antes de comprar as passagens, isso porque cada companhia de ônibus ou avião possui suas próprias regras para transportes de animais. Caso você vá para fora do país, precisa também saber quais são as regras do país de origem para a entrada de animais estrangeiros. O básico é sempre ter atestado do veterinário sobre as boas condições de saúde do cachorro, a carteira de vacinação atualizada e a caixa de transporte própria para o voo ou ônibus.

Dependendo da empresa pode ser necessário que o cachorro ocupe o assento ao lado do dono, também existem limites de animais que podem ser transportados por viagem e tudo isso precisa ser informado antes. Você também precisa saber qual o peso máximo, qual a caixa de transporte indicada para aquela situação e também quais são as regras.

Infelizmente, para viagens de avião em geral animais com mais de 10 kg precisam ser transportados no porão da aeronave e neste caso ele precisará estar com plaquinha de identificação e caixa de transporte própria. Além disso, existem raças que não podem ser transportadas, também existem inúmeras regras específicas para cada país.

Rotina

Jamais esqueça da rotina que você já possui com seu pet. Mesmo na viagem você precisará caminhar com ele regularmente, leva-lo para conhecer a cidade, brincar com ele e jamais esquecer que ele não pode ficar longos períodos sozinho. Por isso, sempre se planeje para mudar o mínimo possível a rotina do cão. Também sempre leve muita ração e petiscos para que ele não precise trocar a marca da alimentação durante a viagem.

Seguindo todas essas dicas, certamente você e seu cachorro viverão ótimos momentos juntos em uma viagem que será inesquecível para os dois.

Gostou da matéria? Comente!