Canecas para Presente

Não existe no mundo quem não ame um filhote de cachorro. Eles são inocentes, adoráveis, fofinhos e despertam simplesmente o que há de melhor em nós. Por isso hoje vou trazer alguns cuidados importantes sobre eles e espero que você goste!

Super dentes!

Você sabia que os dentinhos dos filhotes de cachorro nascem após a terceira semana de vida? Porém, os 42 dentes definitivos nascem apenas entre os quatro e sete meses de idade. Durante este período a gengiva coça muito e por isso é normal que eles comecem a morder tudo. Seu sofá, seus sapatos e seus dedos também. Para evitar este problema, é importante que você compre muitos brinquedinhos para que ele possa morder e se distrair.

Hora do xixi

Tanto os filhotinhos fêmea quanto os machos fazem xixi agachadinhos até fazer 6 meses mais ou menos. Em geral após o 7º mês de idade o cãozinho macho começa a levantar a patinha para urinar. Isso é sinal de que seu pequeno filho peludo está se tornando um forte e esperto adolescente – assim entrando na puberdade. Já a fêmea nesta idade entra no cio pela primeira vez. É importante que neste momento você comece a cogitar a castração, ela possui inúmeros benefícios tanto comportamentais quanto para a saúde do seu filho de quatro patas.

Leia também: Quantas vezes um cachorro faz xixi por dia?

filhote

Quando o filhote pode ir para casa?

Muitas pessoas tem o costume de dizer que o filhote já pode ir para casa após 45 dias de vida. Entretanto, não é bem assim. Você deve esperar entre a 7ª e a 12ª semana de vida pois é neste período que o filhote irá aprender com sua mamãe as noções importantes de higiene, hierarquia e disciplina. Com os pequenos irmãos, ele irá aprender a brincar, morder e também que mordidas doem – isso evitará que ele morda você no futuro, sabia?

Segurança em primeiro lugar

Ao levar um filhote para casa, você precisa fazer uma revisão geral de segurança. Eles adoram levar tudo a boca – da mesma forma como seu filho humano – e por isso você precisa protege-lo de tudo o que for perigoso. Lembre-se de proteger escadas e sacadas, manter o acesso a cozinha restrito, retirar produtos químicos e remédios do seu alcance, impedir o acesso também a produtos de grande valor para você – seja ele financeiro ou sentimental – e é claro, ficar sempre de olho. Filhotes são curiosos e ainda possuem dentes afiados para completar o quadro do terror, por isso todo cuidado é pouco.

Treinamento com paciência

Treinar um filhote não é tarefa fácil e exige muita, muita paciência. Principalmente quando o assunto é xixi e cocô. Tanto os músculos do esfíncter anal quanto o esfíncter uretral só se fortalecem após os quatro meses de idade, por isso é normal que um filhote saia fazendo xixi e cocô por onde quer que passe. Eles simplesmente ainda não possuem capacidade fisiológica de conter suas necessidades e por isso é importante você escolher uma grande área que você possa cobrir com papel absorvente ou com o famoso tapete higiênico para evitar grandes problemas. Assim, ele irá se acostumar e aprender aos poucos qual o local correto para fazer suas necessidades e você de quebra salva o seu tapete.

Paciência é uma virtude que deve ser adquirida

As regras dos seres humanos não se adéqua exatamente a regra dos cachorros filhotes. Afinal, para eles tudo é festa, brincadeira e soneca. São as regras fundamentais deles, para falar a verdade. Por isso, não fique surpreso se ele se divertir virando seu lixo do banheiro ou começar a mastigar a sola dos seus sapatos. Eles querem brincar, só isso. Para evitar estes problemas é muito importante que você seja firme e imponha sua autoridade. Além disso, você precisa disponibilizar brinquedos e espaços onde ele possa ser livre e fazer suas bobagens. Afinal, filhote é filhote e ele só quer mesmo é brincar e ser feliz.

7 cuidados que você precisa ter com cachorro filhote 2

Cuidados regulares e por muito tempo

Cachorros têm necessidades, precisam ser alimentados, educados, escovados, de banhos, exercícios e muito, muito amor e atenção. Por isso, jamais leve um filhote para casa apenas porque ele é adorável. Lembre-se que ele é uma vida e por isso precisa de muito amor e atenção. É como ter um filho, ele ficará com você até seu último suspiro, então jamais esqueça disso e seja feliz com uma companhia que amará você durante toda sua vida.

Também não esqueça que ter um cachorro também possui necessidades financeiras com ração, consultas veterinárias, vacinação, castração e medicação contra pulgas, carrapatos e vermes. Você também precisa levar isso em consideração antes de adotar.

E ai, você possui um cachorríneo em casa? Já o ama com todo o coração? Comente!