Canecas para Presente

Com certeza você possui alguma parte do seu corpo que quando tocada faz você se sentir desconfortável e irritado. Entretanto, será que é assim para os cachorros quando tocamos em seu rabo?

Se você já tentou fazer um carinho no rabo do seu cachorro, pode ter se surpreendido com certa hostilidade, algo como uma reação um pouco irritada demais por apenas tocar-lhe o rabo. Porém, será que isso é algo normal ou esta acontecendo alguma coisa errada? É muito importante que você conheça todo o comportamento do seu cão para poder verificar rapidamente se está tudo certo e por isso hoje iremos contar um pouco sobre este estranho costume canino.

Causas da irritação

Diversos estudos são realizados todos os anos para descobrir os mistérios por trás do corpo e comportamento canino. Por isso, hoje existem algumas teorias por trás da irritação ao tocar-lhes o rabo. Vamos descobrir mais!

Leia também: Por que cachorros choram?

rabo

Sensibilidade no rabo

Existem cachorros que são hiper sensíveis e isto é mais comum do que você imagina. Isso significa dizer que ao você fazer carinho em partes do corpo que ele gosta pode leva-los a grandes níveis de felicidade e o mesmo ocorre quando você toca em partes do corpo que ele não gosta. O rabo canino é uma parte polêmica do seu corpo, isso devido ao fato de ficar próximo ao ânus – sua área mais privada e íntima.

Logo, ao tocar-lhe o rabo, o cachorro ao invés de interpretar como um carinho, na verdade ele vê a ação como uma invasão de seu espaço pessoal, causando-lhe a raiva que você vê. Só para você ter ideia, estudos afirmam que cerca de 90% dos cachorros odeiam que sua cauda seja tocada.

Problema de saúde

Aqui é preciso um grande sinal de alerta. Isso porque se seu cachorro nunca se incomodou com o toque no rabo e, do nada, começou a ficar muito irritado, é possível que esteja acontecendo alguma coisa. Além disso, se ele reagir mesmo ao mais delicado toque, também é um sinal de que existem problemas. Por isso, leve-o o mais rápido possível ao veterinário.

As causas podem ser de simples a complexas. Por exemplo, seu cachorro pode ter sido simplesmente picado por algum inseto quando descansava na grama, o que causou o desconforto. Porém, ele também pode ter se machucado enquanto brincava com o irmãozinho ou ainda estar com algum carrapato lhe incomodando.

Além disso, existe a possibilidade dele ter simplesmente quebrado a cauda. Sim, é possível quebrar o rabo e é mais fácil do que você imagina que isso aconteça. Isso porque os rabinhos são formados por pequenos ossos em sequência que são unidos por articulações, logo é muito fácil que um desses ossos tenha se quebrado ou fraturado em algum acidente, queda ou brincadeira.

Ou seja, se você pisou no rabo dele sem querer, se viu que ele estava brincando de forma ‘agressiva’ com o irmãozinho ou se sabe que ele caiu de alguma altura maior do que deveria, pode ser que tenha fraturado a cauda. Para descobrir, você pode fazer um exame físico direto com seu veterinário. Ele irá tentar flexionar a cauda ou observar como está seu movimento natural. Um cachorro com o rabo quebrado sente muita dor e por isso não consegue move-lo como sempre.

Por que cachorros odeiam que toquemos em seu rabo? 2

Trauma do passado

Se esta é uma reação que ocorre sempre, pode ser que você tenha traumatizado seu pequenino quando ainda era filhote, fazendo com que por toda a vida ele odeie que encostem na região. Grande parte dos medos, fobias e inseguranças que um cachorro tem se desenvolveram no passado, quando ele ainda era um pequeno filhote. Por isso, é possível que algum elemento tenha o magoado quando era pequeno e por isso hoje ele odeia que lhe toquem o rabo.

Você pode ter pisado sem querer, mexido demais, seus irmãozinhos caninos ou felinos podem ter mordido ou o incomodado brincando na área, enfim. Cachorros se magoam com bastante facilidade, ainda mais quando são nenês, por isso é possível que a raiva que ele sente de ser tocado no rabo venha de sua infância. Logo, toda a vez que você encosta ali, ele lembra de sua magoa e fica bravo novamente.

Conhecer o passado do seu cão é muito importante para que você entenda alguns comportamentos que ele possui, por isso caso você o tenha adotado e não tenha participado de sua primeira infância, pergunte para o primeiro dono se há algo que você precise saber. Mas o mais importante: se ele não gosta que lhe toquem o rabo – não toque. Respeite seu espaço pessoal e não fique tentando lhe impor comportamentos e ações, combinado? Combinado!