Canecas para Presente

Chegou o dia de falar do galgo espanhol, um cachorro muito intrigante conhecido por sua força, altura e por ser muito magro. Esta é uma raça muito popular da Península Ibérica e possui aparência semelhante a do galgo inglês. Devido a sua aparência que desperta curiosidades, ele tem aparecido cada vez mais em filmes e por isso, tem aumentado sua popularidade ao redor do mundo.

Origem

Sua história infelizmente é incerta, existem apenas algumas teorias que falam da possibilidade da raça ter sido originada em Ibiza ou talvez teria sido ele um descendente do galgo árabe. Enfim, não existem registros capazes de precisar uma data ou local. Porém, independente da precisão de sua origem, sabe-se que o Galgo Espanhol era um excelente cachorro de trabalho, sendo utilizado durante as caças da Idade Média. A aristocracia espanhola era apaixonada pela raça, a imortalizando na peça Partida de Caza, também chamada de Caza de la Qual, pintada pelo grande Francisco de Goya.

Pouco tempo depois também começou a ser amplamente usada nas famosas corridas de galgos onde foram cruzados galgos espanhóis com galgos ingleses, assim obtendo cães muito velozes. Até hoje existem polêmicas a respeito da caça com galgo espanhol porque hoje ela é vista como crueldade contra os animais devido a crueldade com que os cães desta raça são tratados por seus tutores.

Leia também: Você sabia que é possível cães terem vitiligo?

galgo espanhol

Personalidade do Galgo Espanhol

O Galgo Espanhol é conhecido por ser um cachorro tímido e reservado, não gostando muito da companhia de estranhos. Por isso é importante intensificar a socialização quando são filhotes e continuar tendo a mesma rotina quando o cão cresce. Entretanto, para as pessoas da casa, ele costuma demonstrar ser muito gentil, simpático e carinhoso, também são muito sensíveis e doces. Apesar de seus instintos predadores devido as caças antigamente, eles são bastante amigáveis com pequenos animais como cães de raças pequenas e gatos.

Tudo depende da socialização que você fizer para que se tornem grandes amigos, porém você não precisa se preocupar com risco de vida. Uma de suas características mais impressionantes é a afinidade com crianças, adultos e idosos, independente da faixa etária ele se acostuma e se apaixona facilmente por seu tutor. Gostam de viver em um ambiente descontraído, porém quando estão fora de casa curtem longas caminhadas, visitas à praia, viajar de carro e passeios em geral. Adora espaços e cheiros novos, logo sua família precisa ser ativa e amorosa.

Cuidados e Saúde

O galgo espanhol precisa de muito exercício, necessitando de pelo menos 2 caminhadas longas diárias. Além disso, caso você vá viajar o aconselhado é deixa-lo solto no carro, preso pelo cinto ao invés de usar caixas de transporte. Se for longe o destino, lembre-se de deixa-lo correr por pelo menos cinco minutos sem coleira para que não fique estressado e irritado.

Eles adoram jogos e precisam de espaços no dia-a-dia para correr e brincar sem nada que os prenda a não ser as cercas. Gostam muito de correr atrás da bola e de pegar freebies. Também é interessante dispor de jogos mentais e treinos pois o galgo espanhol é muito inteligente e gosta de ser estimulado. Sobre seu pelo, devido a ser bastante curto apenas uma escovação semanal deve bastar para eliminar os pelos mortos, já o banho só deve ser dado quando houver necessidade.

Sobre sua saúde, é igualmente necessário visitas regulares ao veterinário – de 6 em 6 meses – para verificar se está tudo bem com sua saúde. Além disso é importante seguir o calendário de vacinação rigorosamente assim como também o de desparasitação. De resto, esta é uma raça bastante saudável que possui uma lista curta de doenças típicas, sendo elas apenas câncer nos ossos e torção gástrica. Para evitar problemas no estômago, eles precisam receber comida em recipientes elevados, não devem comer do chão devido a sua altura.

Galgo Espanhol: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 2

Educação

Devido a sua grande sensibilidade, o galgo espanhol precisa ser adestrado a partir do reforço positivo, isto porque costuma ficar ofendido com xingamentos e palavras hostis, causando tristeza e estresse. Devido a sua inteligência moderada, porém grande disposição para aprender, é possível ensina-lo utilizando petiscos e palavras doces como recompensa. Ele também precisa de muita atividade física e você pode usar isso a seu favor, ensinando a ele atividades que exigem obediência como o canicross por exemplo.

Este é um cachorro sensível e aventureiro que adora a família e sabe ser muito meigo e carinhoso. Gosta muito de sua família e é ótimo para crianças, adultos e pessoas mais velhas – desde que possa correr todos os dias, o resto é resto.

Você sabia de tudo isso? Comente!