Canecas para Presente

Tomate é uma fruta deliciosa e suculenta que todos adoram, seja no molho de tomate ou na salada mesmo. Porém, será que os cachorros também podem adora-la? É o que vamos descobrir!

Aqui a resposta é um pouco diferente: é preciso ter cuidado. Neste mundo de fake news, é importante não reforçar mitos e estar atendo as informações corretas. Para isso, você deve sempre pesquisar antes de dar alguma informação. Sobre os tomates, é preciso atenção.

Um tomate maduro cortado sem sementes é muito saudável para os cachorros, possuindo um alto valor nutritivo rico em vitaminas, minerais, antioxidantes e fibras, isso além de proporcionar muita água, melhorando sua hidratação. Devido a sua riqueza, é possível dizer que um tomate é capaz de fortalecer os sistema imunológico canino, assim prevenindo uma série de doenças.

Tomate: Onde mora o perigo?

O perigo mora nos tomates verdes! Isso porque quando não madura esta fruta possui um composto químico chamado glicoalcaloide que é extremamente tóxico para o organismo canino. Por isso, você JAMAIS deve dar um tomate verde ou que não esteja completamente maduro para um cão, caso isso ocorra ele terá sérios problemas digestivos que incluem diarreia, vômito, gases e em casos mais raros até mesmo intoxicações severas.

O mesmo composto também está presente nas folhas e caules do tomate, por isso você jamais deve dar estas partes do fruto para ele também. Caso você plante este alimento na sua casa, esteja sempre atento e jamais deixe seu cachorro sozinho na horta para evitar este tipo de acidente.

Leia também: Cachorro pode comer alface?

tomate

Benefícios do tomate maduro

Tomates maduros são riquíssimos em antioxidantes naturais como vitamina C e lipocarotenos, ambos fortes combatentes dos radicais livres no organismo e seus danos celulares. Estes antioxidantes são especialmente benéficos para cachorros idosos já que ajudam a prevenir os sintomas da velhice e também a mantar o metabolismo estável. Em sua composição também encontramos vitaminas A e do complexo B, ambas ajudam muito também no fortalecimento do sistema imunológico e na prevenção de inúmeras doenças. A vitamina A também ajuda muito na visão e na prevenção de problemas dermatológicos como dermatites caninas.

O tomate maduro também traz fibras para a alimentação canina, ajudando na digestão e no trânsito intestinal, assim evitando a temida prisão de ventre. Por último, mas não menos importante, o tomate é rico em água, o que ajuda na prevenção de quadros de desidratação, uma das principais causas de doenças como a infecção urinária, por exemplo. Esta riqueza em líquidos também possui efeito diurético e depurativo no organismo, auxiliando a eliminar toxinas e melhorando a atividade dos rins.

Cachorro pode comer molho de tomate?

Depende, amigo. Depende. Se for um molho de tomate caseiro totalmente natural, sem sal, conservantes ou temperos, o cachorro pode come-lo. Porém, molhos de tomate industriais devem ser evitados a todo o custo devido a seus aditivos e conservantes que podem causar graves problemas na digestão canina. Caso você queira agradar seu amigão, você pode preparar um macarrão integral – sem sal ou gordura – acompanhado molho de tomate caseiro com pedaços de carne ou frango.

Só lembre-se sempre que cachorro não pode comer cebola ou alho, nem sal ou aditivos artificiais. A saúde canina é muito mais sensível do que a nossa, por isso alimentos industrializados com os quais estamos acostumados podem causar graves danos ao organismo do cachorro. Logo, todo o cuidado é pouco. Além disso, antes de integrar qualquer alimento à dieta do seu cachorro é importante que você questione seu veterinário de confiança antes. Isso porque apenas ele conhece seu cachorro com todos os detalhes, podendo afirmar se é seguro ou não alimenta-lo com tal fruto.

Posso dar tomate para cachorro? 2

Informações importantes

É importante relembrar que cachorro só pode comer o tomate totalmente maduro e sem sementes e folhas. Ele também pode comer tomate cereja, redondo, gaúcho e todas as demais variedades. A única condição é que estejam totalmente vermelhinhos, maduros. Não esqueça de lavar bem frutas, verduras e legumes antes de oferece-los ao cachorro para evitar que impurezas e microorganismos sejam ingeridos por acaso. Também sempre tire talos, folhas e sementes.

Outra informação importante é que legumes e frutas jamais devem ser a fonte principal de alimentação dos cachorros. Apensar de fazer muito bem, cães são carnívoros e precisam da proteína animal para poder manter sua saúde, metabolismo e musculatura também. Dietas vegetarianas ou veganas são totalmente desencorajadas pois podem causar grandes déficits a saúde do cachorro. Todo o cuidado é pouco, por isso sempre se informe com seu veterinário.

Você sabia de tudo isso? Comente!