Esta é uma dúvida típica de tutores de primeira viagem, afinal, não queremos perder dinheiro e também precisamos que nossos cães se sintam felizes e confortáveis. Logo, como faço para escolher a caixa de transporte ideal? Vamos descobrir!

Pois bem, a caixa de transporte é uma das primeiras coisas que você precisa comprar antes de trazer seu novo companheiro para casa. Afinal, a não ser que ele seja levado até você, será necessário transporta-lo em segurança dentro do carro. Depois disso, ela será muito útil para leva-lo ao veterinário fazer check-ups, tomar vacinas e medicações anti-parasitas. Isso além do passeio até a petshop para cortar as unhas e tomar aquele banho gostoso. Logo, é preciso fazer a escolha correta logo e cara e saber que conforme o cachorro crescer, serão necessárias substituições. Além disso, cada uso possui suas próprias características conforme vamos ver a seguir.

Leia também: Como faço para levar meu cachorro para viajar?

caixa de transporte

Caixa de transporte para o avião

Para transportar um cachorro durante um voo, seja ele curto ou longo, é preciso seguir uma série de regras. Dependendo do porte do seu amigão, ele poderá viajar ao seu lado na cabine ou no porão da aeronave. Para poder fazer o percurso, a caixa de transporte selecionada precisa seguir os regulamentos da IATA – Associação Internacional de Transporte Aéreo – e também muitas vezes algumas particularidades da própria companhia aérea. Tudo isso deve ser levado em conta na hora da escolha, as solicitações em geral são as seguintes:

  • Caixa de material resistente como plástico rígido, madeira rígida ou metal/laminada;
  • 2/3 da superficie da caixa precisa ter a ventilação adequada e deve ficar na zona superior sem afetar sua resistência;
  • É necessário fechamento seguro (metálico, de preferência) para evitar fugas. Inclusive, no caso de cães de grande porte, uma dupla fechadura se faz necessária;
  • Porta feita de grade resistente com aberturas com tamanho suficiente para que o cachorro não passe;
  • Bebedouro e comedouro ajustados à porta que possam ser preenchidos sem precisar abri-la;
  • Piso sólido, impermeável e resistente;
  • No caso de ter rodas, as mesmas devem ser removidas durante a viagem.

Na hora de escolher a caixa de transporte você também precisa ter certeza do tamanho, o cachorro precisa conseguir se virar facilmente e também ficar em pé ou sentado em posição natural sem encostar a cabeça no teto.

Caixa de transporte para o carro

Hoje existem inúmeros sistemas e recursos como arreios e cadeirinhas presas ao Isofix para transportar o cachorro, porém até hoje o modo mais seguro de transportar seu cãozinho é a caixa de transporte devidamente afivelada ao cinto de segurança. É preciso escolher sempre um material resistente e rígido, podendo ter porta frontal ou lateral. Você jamais pode se esquecer que todos estamos suscetíveis a sofrer acidentes no trânsito e que tanto você como seu cachorro precisam ter o máximo de segurança possível no caso de um sinistro.

Você pode adaptar a caixa de transporte comprada com colchões e cobertas para que ela fique mais confortável e acolhedora, porém o ideal é que sempre seja totalmente fechada para evitar que o cachorro fuja, distraia você e acabe causando uma batida que poderia ser evitada. Quanto a sua posição, se o cachorro for de pequeno porte você pode coloca-la no piso atrás do banco do passageiro, também pode coloca-lo afivelado ao cinto de segurança no banco de trás. No caso de viagens de ônibus ou trem, é necessário se informar primeiro com a empresa responsável pois cada uma possui sua própria particularidade.

Como faço para escolher a caixa de transporte ideal? 2

Caixa de transportes para caminhos a pé

Cachorros que ainda não foram vacinados, que possuem problemas como artrose, filhotes e raças miniaturas não devem caminhar por muito tempo, afinal podem se cansar e sentir dores. No caso de cachorros não vacinados, eles não podem em nenhuma hipótese passear caminhando.

Para este tipo de transporte você pode comprar uma bolsa de transporte que deixa a cabeça do cachorro para fora, uma mochila ou ainda um carrinho com rodas. É importante fazer o teste porque tudo depende do porte e também da personalidade do seu cãozinho. O importante é que ele fique confortável e que você consiga carrega-lo sem problemas. Aqui não existem normas estabelecidas, você só precisa garantir que ele esteja confortável e seguro, sem chances de pular ou fugir.

Lembre-se sempre de testar bastante a caixa de transporte escolhida antes de uma longa viagem ou passeio, afinal é preciso ter certeza de que não há como o cachorro fugir, de que ele esteja se sentido seguro e confortável também. Só testando você saberá.

Você conhecia todas essas informações? Comente!