Canecas para Presente

O alecrim é uma erva maravilhosa e cheia de benefícios para a saúde humana, porém será que ela faz bem para o cachorro também? Será que você pode compartilha-la com seu amigão?

Siiiiiiim! O alecrim é uma planta rica em benefícios que com certeza podem ajudar os cachorros também nos mais diversos usos, tanto tópicos quanto para ingestão. Veja só a seguir.

Leia também: Cachorro pode comer ração de gato?

Alecrim

Os benefícios do alecrim para a saúde canina

O alecrim é uma planta excelente para ser usada na preparação de alimentos para cães, isso porque além de ser aceito com bastante facilidade é rico em vitamina C e óleos essenciais como o eucaliptol, borneol e alcanfor, isso fora diversos outros. Ele também possui ácido rosmarínico, substância esta que possui fortes propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, o que torna o alecrim ingrediente imprescindível para tutores que cozinham para seus cães diariamente.

O organismo do seu cãozinho se beneficia muito com esta planta, assim melhorando seu sistema digestivo, imunidade e fígado, assim favorecendo a expulsão tanto de gases quanto da urina do organismo. Ele também é conhecido por ajudar cães que sofrem com convulsões e espasmos. Até mesmo o álcool de alecrim é positivo para os cachorros. Esta é uma mistura feita em farmácias de manipulação que deve ser utilizada de forma EXTERNA, ajudando cães que sofrem de artrose, reumatismo ou contraturas.

Para aproveitar os benefícios, basta aplicá-lo e realizar suaves massagens diretamente na pele canina, principal ente em áreas com pouco pelo como as patas que são bastante afetadas por doenças degenerativas. Além disso, é mais facilmente aplicado em cães de pelo curto.

Água de alecrim

Além do álcool de alecrim também existe a água de alecrim, um remédio caseiro poderoso. Ele é muito utilizado como solução contra pulgas, piolhos e ácaros da sarna desde que não haja uma grande infestação. Essa mistura possui alcanfor, uma substância analgésica e antisséptica que auxilia a desinfetar picadas e feridas pequenas causadas pela coceira, assim aliviando os transtornos que o cachorro sente quando possui sarna ou pulga.

Além disso, a água de alecrim possui propriedades antimicrobianas que auxiliam no controle do crescimento de fungos, bactérias e parasitas. Vale ressaltar que seu uso não substitui os produtos antiparasitários mais potentes que podem ser muito mais úteis no caso de grandes infestações. É preciso ter a indicação do seu veterinário de confiança para saber qual a melhor opção. Então, não esqueça de marcar aquela consulta de rotina e já tirar a dúvida, combinado?

Alecrim faz bem para cachorro? 2

Receita de xampu caseiro de alecrim

Esta é uma receita muito simples, barata e ideal tanto para cachorros quanto para gatos, assim livrando-os dos produtos industrializados. O alecrim também possui grandes propriedades que ajudam a estimular o crescimento dos pelos e também reduzir sua queda além de, claro, combater pulgas e carrapatos. Veja a receita e fique feliz com tamanha praticidade:

Você irá precisar de…

  • 2 xícaras de chá de alecrim concentrado
  • 1 xícara de vinagre de maçã
  • 6 gotas de óleo essencial de lavanda
  • 1 quarto de xícara de glicerina – ideal que seja vegetal
  • 1 xícara de sabonete líquido neutro

Como fazer

  1. O primeiro passo é fazer o chá concentrado de alecrim, lembre-se de fazer um chá bem forte com bastante quantia da erva fresquinha. Então, espere esfriar.
  2. O segundo passo é colocar o chá no recipiente onde você guardará o xampu e na sequência, adicione os demais ingredientes: o sabonete neutro, a glicerina, o vinagre de maçã e o óleo essencial de lavanda.
  3. Feche o recipiente e agite bastante para misturar todos os ingredientes. Lembre-se de sacudir bastante até que a mistura fique o mais homogênea possível.

Antes de usar, sempre agite bastante. Você pode utiliza-lo em todos os banhos, podendo ver os grandes benefícios conforme o passar do tempo e do uso.

Importante

Seja para usar o xampu quanto o álcool de alecrim, a água de alecrim ou a própria planta na alimentação canina, é de SUMA importância que você consulte seu veterinário de confiança primeiro. Por quê? Porque nem tudo o que é seguro para um cachorro é para o outro. Cães podem ter alergias, intolerâncias ou pode simplesmente acontecer de que não faça tão bem para o seu amigão e quem sabe disso? Só seu veterinário de confiança.

Ele é quem acompanha a saúde do seu cachorro desde filhote, sabendo de suas alergias, suas necessidades nutricionais, sua raça, porte e etc. Assim, só ele pode indicar a quantidade ideal de consumo, a forma de aplicação ou ainda se existem soluções mais eficientes e benéficas para o seu cachorro. Por isso, jamais introduza nada a vida do seu cão sem antes consulta-lo para evitar que ocorram acidentes ou danos a saúde.

Você sabia de tudo isso? Comente!