Canecas para Presente

Cachorros são animais sociáveis que precisam de companhia o tempo todo, infelizmente temos que trabalhar e é claro que nesses momentos nossos melhores amigos ficam sozinhos em casa. Isso pode causar profundo tédio, fazendo com que ele saia destruindo tudo… Entretanto, como sei se meu cachorro está entediado?

Existem inúmeros motivos para um cachorro ficar entediado e o principal é a ausência de companhia. Porém, ele também pode estar precisando de maiores desafios mentais e físicos. Para saber se ele está entediado é preciso ler os sinais e hoje vamos listar os cinco principais sintomas que aparecem junto com o tédio. Vamos lá?

Leia também: Como tratar a ansiedade de separação em cachorros?

entediado

1. Comportamentos compulsivos em cachorros entediados

Os comportamentos compulsivos são em geral os primeiros a serem percebidos quando um cachorro está entediado. Isso acontece quando o cão não consegue desfrutar do seu pleno bem-estar mental, assim manifestando esta falta de estímulo em comportamentos compulsivos para manter sua mente distraída.

Estes comportamentos compulsivos são chamados de estereotipia, são eles movimentos repetitivos e contínuos que não parecem ter finalidade tais como correr atrás do próprio rabo ou lamber as patinhas.Caso você perceba este tipo de comportamento no seu cachorro, não perca tempo e invista no enriquecimento ambiental, trazendo muitos brinquedos e distrações para ele. Você também deve leva-lo para passear e caminhar constantemente assim como brincar em casa sempre que puder.

Destruindo tudo por onde passa

Caso fique entediado, a primeira coisa que o cachorro fará é encontrar coisas que ocupem sua mente. Ele pode fazer como dissemos acima ao desenvolver comportamentos compulsivos ou pode simplesmente sair destruindo tudo. Isso porque eles possuem muita, muita energia que precisa ser gasta de alguma forma.

Então, caso você não o exercite, é normal que chegue em casa e encontre o sofá sendo mastigado, suas cadeiras sendo roídas, almofadas para todo lado e muito, muito mais. Para evitar isso a solução é a mesma que acima. Enriquecimento ambiental, passeios longos e muitas brincadeiras em casa. Gaste toda a energia do seu amigão para que quando ele fique sozinho, aproveite o tempo para tirar um longo cochilo até você chegar em casa.

Petulância

Se seu cachorro começar a ficar desobediente, pode saber que está entediado. Uma raça que desenvolve muito facilmente este comportamento é o husky siberiano que se entedia com facilidade. Ele possui caráter independente e é muito inteligente, porém senão recebe o estímulo mental adequado, logo demonstra extrema desobediência.

Caso você tenha um cachorro desta raça ou com personalidade semelhante, lembre-se de que é preciso ocupar sua mente com exercícios de alta intensidade como corridas e outras atividades, também precisará ensina-lo a responder a comandos e realizar jogos em casa que desafiem seu cérebro. Do contrário, terá um cachorro petulante em casa, hehe.

Latido o tempo todo

Cachorros entediados ficam extremamente carentes de atenção e isso é motivo para muitos, muitos latidos. O cachorro late justamente porque quer chamar sua atenção, quer brincadeiras, amor e carinho. Por isso é tão importante prestar atenção no comportamento canino sempre! Cachorros que do nada começam a se comportar desta forma certamente estão com algum problema.

Se seu cachorro vive na área externa da casa, certamente está sentindo sua falta e por isso late tanto. Deixe-o conviver com você na área comum, brinque com ele diariamente, leve-o para caminhar, converse com ele, enfim. Não deixe que ele se sinta sozinho porque, como dissemos várias vezes nesta matéria, cachorros são seres sociais.

Como sei se meu cachorro está entediado? 2

Depressão

Por último, a depressão e com esta você precisa tomar cuidado. Um cachorro com depressão fica com letargia, tristeza constante, cansaço, alterações no apetite e diversos outros sintomas. É muito importante que você esteja sempre de olho no seu cachorro antes que seja tarde demais. Cachorros com depressão sofrem demais e esta grave doença acontece por razões facilmente evitadas.

Se o comportamento do seu cachorro mudou de repente e você sente que ele está triste, cabisbaixo e sem ânimo, leve-o imediatamente ao veterinário para que juntos vocês cheguem a uma solução para o problema. É muito importante que você não deixe que as coisas cheguem a este ponto e que você proteja seu amigão de tamanha dor.

Importante

Todos esses comportamentos são sintomas de um problema sério que pode estar se desenvolvendo, por isso caso você perceba que seu cachorro está ficando entediado, ache alternativas rapidamente para evitar que tudo se transforme em ansiedade de separação e, por fim, depressão. Esteja sempre com seu cachorro, lhe faça companhia, brinque com ele, forneça brinquedos, enfim. Lembre-se sempre de que você é a coisa mais importante que ele possui. Valorize isso.