Canecas para Presente

Cachorros são fortes e poderosos, têm olfatos apurados e um latido que arrepia qualquer invasor. Sabendo disso, como será que você deve escolher o cão de guarda ideal para sua casa? Vamos descobrir agora!

Como bem sabemos, os cachorros são os melhores amigos do homem desde a antiguidade, tornando esta amizade muuuito antiga, começando há mais de 500 mil anos! Esta amizade sempre foi muito útil para ambos os lados porque enquanto o ser humano alimentava e zelava pelo cuidado, o cachorro retribuía com segurança. Logo, desde os primórdios os cães agem como cães de guarda para seus tutores.

O que devo procurar em um cão de guarda?

Quando você decidir ter um cão de guarda, é preciso prestar atenção em uma série de características. O ideal é escolher um cachorro com porte grande por ser mais forte e ágil em comparação aos médios e pequenos. Além disso, ele precisa ser inteligente e de fácil adestramento, além de não fazer amizades facilmente, hehe. Veja agora quais são as raças que mais se destacam neste aspecto.

Leia também: Pastor Alemão: 5 incríveis curiosidades sobre a raça

cão de guarda

Pastor alemão

O pastor alemão é realmente uma das raças mais famosas na função, eles são inteligentes e muito, muito leais. Não é a toa que é a raça favorita da força policial para atuar ao seu lado. Além disso, é uma raça muito divertida e alegre, o que é ótimo para ter como companheiro quando não está desempenhando sua importante função de proteção.

Boxer

O boxer é um cachorro de presença que já assusta só pelo porte, por isso também é popular na função. Eles costumam ser muito inteligentes e espertos, tem um julgamento rápido em situações onde é necessário e possuem muita energia para gastar. Além disso, são muito brincalhões e adoram um bom espaço aberto e atividades físicas diárias. Se receber o treinamento correto, devido a suas aptidões naturais relacionadas aos 5 sentidos, certamente ele será um excelente cão de guarda.

Fila brasileiro

Esta raça brasileira se destaca por seu poder de proteção e poucos se lembram dela, porém o fila brasileiro é popular em todo o mundo! Ele é originário de diferentes raças e possui um excelente instinto protetor, sendo ótimo como cão de guarda. Ele é um cachorro de porte grande e precisa de um treinamento firme devido a seu temperamento teimoso. Seu latido é alto e forte, perfeito para avisar seus tutores sobre os perigos eminentes. É corajoso e não pensará duas vezes na hora de proteger você e sua família.

Dogo argentino

Esta é uma raça de força extraordinária e com muita cara de mau, impondo respeito em qualquer casa. Porém, ele também possui seu lado simpático e muito amigável quando o assunto é se relacionar com sua família. Ele também é inteligente, atlético e de fácil adestramento, se tornando facilmente um excelente cão de guarda.

Doberman

O doberman é um cachorro conhecido por sua inteligência e porte atlético, mesmo sendo um pouco menor que os demais da lista sua agilidade compensa. Além disso, seus instintos são muito aguçados, o que o torna um cão de guarda ideal. Ele também é outro queridinho das forças policiais, então é sucesso na certa.

Como escolho o cão de guarda ideal para minha casa? 2

Rottweiler

Esta é definitivamente uma raça intimidadora. São fortes, de fácil treinamento e seu tamanho e força assustam qualquer um. Logo, qualquer assaltante irá pensar duas vezes antes de invadir o seu terreno se um rottweiler estiver o esperando do outro lado. Mas mesmo com cara de mau, este é um cachorro muito amigável e gosta de uma boa brincadeira.

Chow Chow

Sua aparência fofinha engana, isso porque o Chow Chow é um cachorro feroz, sempre alerta e que não se intimida facilmente. Entretanto, ele raramente morte ou ataca, logo o susto fica apenas no seu latido e seus instintos de proteção. São ótimos para a família, queridos e brincalhões.

Dachshund

Tá, pode parecer piada, mas ele é realmente um ótimo cachorro de caça. Possui porte médio, porém seus instintos naturais são excelentes para a função de cão de guarda, principalmente quando a casa é menor e possui puco espaço. Ele é muito atento e alerta seus tutores com rapidez no sinal de qualquer ameaça.

Importante

O treinamento é a parte mais importante no processo de ter um cão de guarda, isso porque de nada adianta você ter o cachorro e não ensinar o que fazer diante de uma situação perigosa. Até mesmo boxers e rottweilers precisam de treinamento, por isso lembre-se deste detalhe e inclua este custo quando quiser um cachorro para proteger seu lar. O treinamento garantirá que seu cachorro irá realmente proteger você, deixando-o tranquilo para dormir à noite.

Você sabia de tudo isso? Comente!

Canecas para Presente