Canecas para Presente

O lindíssimo Pastor de Shetland, também conhecido como Sheltie, é um cachorro de porte pequeno muito parecido com o Collie, porém menor. É adorável, fofo, inteligente e muito querido hoje como companheiro de casais e famílias. Vamos então falar sobre ele?

Origem do Pastor de Shetland

Segundo os historiadores a origem desta raça é incerta, entretanto os dados registrados demonstram que ela provavelmente tenha se originado na Escócia em uma ilha que leva seu mesmo nome. Oficialmente, o Pastor de Shetland foi reconhecido em 1908 mesmo já tendo sido historicamente registrado desde 1800.

Segundo pesquisadores a raça surgiu após inúmeras cruzas entre diferentes tipos de Collie, ou seja, o Collie atual possui inúmeros ancestrais em comum com o Pastor de Shetland. Por isso, são bastante semelhantes tanto fisicamente quanto na personalidade. Devido ao frio e a vegetação das ilhas escocesas, era difícil que animais grandes sobrevivessem e claro que os cães de porte pequeno se favoreciam da condição. Por isso, eram os Pastores de Shetland que trabalhavam como guia e protetores das velhas, pôneis e galinhas.

Leia também: Lulu da Pomerânia: Saiba mais sobre esta raça de cachorro

Pastor de Shetland: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 3

Personalidade

O Pastor de Shetland é conhecido por ser tranquilo e leal, muito inteligente e com muito carinho para dar. Entretanto, são tímidos com pessoas desconhecidas e seu instinto de pastoreio é muito forte, podendo causar problemas caso haja socialização e treinamentos errados. Esta também é uma raça cuja socialização precisa de grande atenção para reduzir a timidez e ensina-lo a interagir com outros animais e pessoas.

Cuidados e saúde

Sua pelagem precisa ser escovada de uma a duas vezes por semana, a frequência é pouca porque apesar de longa, a pelagem do Pastor de Shetland é muito fácil de escovar e não embaraça com frequência. Mesmo tendo porte pequeno, é de suma importância dar-lhe uma boa dose de exercícios físicos e mentais, logo é necessário caminhar com ele diariamente e também brincar com ele utilizando jogos.

O agility, por exemplo, é uma ótima opção para esta raça desde que ele não apresente problemas nas articulações. Você também pode brincar com ele e seus dons de pastoreio ou ainda utilizar-se do famoso freestyle canino. Estimule também sua mente ao ensinar truques e comandos, assim fazendo com que sua mante esteja sempre ativa.

Ainda dentre seu comportamento está o costume de latir excessivamente, então esteja preparado para isso. Eles também não gostam de ficar sozinhos, por isso devem ter sempre acesso a casa e aos familiares, logo não o deixe isolado no jardim.

Sobre sua saúde, existem algumas doenças que apresentam predisposição hereditária e dentre elas estão a dermatomiosite canina, anomalia do olho de Collie, atrofia progressiva de retina, catarata, luxação patelar, surdez, epilepsia, displasia de quadril, Doença de Von Willebrand, Doença de Legg-Calvé-Perthes e hemofilia canina.

Pastor de Shetland: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 4

Infelizmente, a displasia de quadril é a mais frequente e para evitar seu desenvolvimento é de suma importância que você faça um acompanhamento regular com seu veterinário, assim podendo tratá-la rapidamente caso surja. Também é fundamental vacina-lo e desparasita-lo com frequência.

Educação do Pastor de Shetland

Como já dissemos, esta é uma raça extremamente inteligente e aprendem com bastante facilidade os comandos básicos, entretanto é importante não utilizar-se dos métodos tradicionais de adestramento. Na verdade, ele responde muito melhor ao adestramento positivo. O adestramento tradicional e negativo pode facilmente despertar sentimentos de medo e insegurança, assim destruindo o vínculo entre tutor e cachorro.

Falando sobre seus problemas comportamentais, a maioria é causada por seu forte instinto de pastoreio. É comum que eles latam muito e que gostem de agrupar indivíduos que se movam mordendo seus tornozelos (observe seu comportamento perto de crianças ou outros animais). Para canalizar esse comportamento é importante praticar jogos e atividades, o ensinando a não faze-lo.

Em geral, o Pastor de Shetland é um excelente cachorro doméstico desde que tenha os cuidados necessários.

Você sabia de tudo isso? Comente!