Canecas para Presente

Sorvete é um dos alimentos que sempre temos em casa, ele é delicioso, doce e extremamente refrescante para os dias quentes. Porém, será que podemos dar sorvete para cachorro? Ou este hábito pode ser danoso para a saúde de nossos amigos? Vamos descobrir agora!

Apesar de parecer óbvio que a resposta é não, na verdade a resposta é talvez. Isso porque sorvetes industrializados não devem ser dados ao cachorro devido a sua alta quantidade de gorduras e açúcares refinados. Cães precisam de alimentação rica em ácidos graxos (as conhecidas gorduras boas) enquanto os sorvetes industrializados possuem apenas gorduras saturadas (gorduras ruins) que aumentam o colesterol, o peso e ainda elevam o índice de colesterol LDL na corrente sanguínea.

Além disso, os altos índices de colesterol LDL são os responsáveis por acumular placas lipídicas insolúveis nos vasos e artérias, assim aumentando o risco de desenvolvimento de problemas cardiovasculares. Além disso, o excesso de consumo de açúcares ainda pode provocar o desenvolvimento de quadros de hiperglicemia e ainda aumentam o risco do desenvolvimento de diabete canina.

Leia também: Como deve ser a alimentação de cachorro com insuficiência renal?

Posso dar sorvete para cachorro? 3

Outro grande fator ao qual você deve se atentar é o leite! Muitos sorvetes são feitos a base láctea e como já falamos inúmeras vezes por aqui, cachorros adultos em sua grande maioria são INTOLERANTES à lactose durante sua vida adulta. Ou seja, seu organismo deixa de produzir ou reduz a produção da enzima lactase, a responsável pela quebra e absorção da lactose. Logo, dar sorvetes para cães adultos pode causar sérios problemas digestivos, então fique alerta!

Além de tudo isso que já foi dito existe um último e importante fator: o sabor. Existem sabores que podem fazer extremamente mal ao cãozinho por serem feitos com alimentos tóxicos como, por exemplo, o tão querido chocolate – chocolate é proibido para cachorros!

Tá, mas quando posso dar sorvete para cachorro?

Já entendemos aqui que o sorvete industrializado possui conservantes, açúcar demais, gordura demais, lactose além de sabores potencialmente tóxicos para os cachorros como café, limão, chocolate, uva e diversos outros. Entretanto, existem ALGUNS sorvetes que podem ser dados aos cães. Quais são eles? Os sorvetes caseiros! <3

Você pode tranquilamente consultar seu veterinário de confiança, perguntar quais são as receitas e sabores mais indicados e então fazer sorvetes caseiros para o seu amigão. Seus sorvetes podem ser feitos a partir de frutas e água, assim se tornando um suplemento natural e também uma forma de manter seu cachorro hidratado e saudável durante o verão, além de claro, refrescado também.

Posso dar sorvete para cachorro? 4

Além da água, você também pode utilizar leite vegetal (de arroz, coco, aveia e diversas outras opções), iogurte sem açúcar e com redução de lactose, essas são opções para que seu sorvete fique mais cremoso, porém em caso de cães obesos o ideal é se manter na água mesmo. Então, consulte quais são as frutas e verduras mais indicadas para o seu amigão, as mais utilizadas são maçã, morango, cenoura, melão, banana, espinafre, pêssego e diversas outras. Lembre-se de retirar as cascas e sementes além de tomar os cuidados apontados em cada um desses frutos ou vegetais.

Fique à vontade para apostar em combinações diferentes e para fazê-lo basta misturar a base líquida com os sólidos em um liquidificador até ficar homogêneo, então colocar em um pote e armazenar no freezer por cerca de 4 horas ou até ficar com a consistência esperada.

Importante sobre sorvete para cachorro

Consulte sempre seu veterinário de confiança antes de adicionar qualquer tipo de alimentação no cotidiano do seu cachorro. Isso porque apenas ele conhece as alergias, as doenças e os problemas que seu cachorro tem ou já teve ao longo da vida. Seja responsável, a vida do seu pequeno peludo está em suas mãos.

Além disso, dê sorvete para cachorro com sabedoria para que seu amigão não esqueça da ração e queira só sorvete. Lembre-se que cães tem certa tendencia a viciar em alimentos doces e por isso, é importante dar com pouca frequência e seguir um calendário, assim sabendo quando dar e quando não dar. A melhor pessoa para indicar essa frequência é seu próprio veterinário, então faça uma consulta,

Você sabia de tudo isso? Comente!