Canecas para Presente

Se você é um tutor atento, certamente já deve ter percebido que seu cachorro costuma seguir você por onde quer que vá. Seja na cozinha, no quarto e muitas vezes até mesmo no banheiro. Entretanto, por que será que ele tem este comportamento? Vamos descobrir!

Seguir é um comportamento de matilha

Como bem sabemos, o coletivo de cães é matilha e no passado, as matilhas seguiam seu alfa por onde quer que ele fosse com o objetivo de sobreviver e manter o grupo unido. Dentro de todo cachorro até os dias de hoje há um comportamento social pré-definido de seguir o alfa. Caso você tenha mais de um cachorro, tente perceber qual é o alfa através de suas prioridades. É ele quem come primeiro, quem deita primeiro na cama, quem brinca primeiro com os novos objetos e etc.

Antes de serem domesticados, os cães e lobos seguiam o alfa por saberem que ele é capaz de prover proteção e alimento para o coletivo, assim o seguindo para manter sua sobrevivência. Logo, se você alimenta seu cachorro diariamente, provê segurança e diversão, até mesmo o cão alfa da sua casa verá você como um alfa maior. Exatamente como uma hierarquia invisível onde o provedor é quem comanda. Logo, é por isso que seu cachorro persegue você por onde quer que você vá já que se você está lá, significa que é seguro.

Vale ressaltar que o cão não elege o alfa apenas pela comida e segurança, mas sim pelo companheirismo, amor e carinho que encontra com esta pessoa e/ou cão. Logo, se seu cachorro segue você, desfrute deste momento já que esta é uma das muitas formas que os cães usam para dizer ‘eu te amo’.

Por que cachorro gosta de seguir seu tutor? 3

Esta atitude o incomoda?

Pode acontecer do cãozinho se tornar um stalker de primeira, ou seja, dele persegui-lo com muita intensidade por todos os lugares e esta pode ser considerada uma atitude incômoda. Porém, como tudo na vida de tutor, este comportamento intensivo também pode ser contornado a partir de treinamento. Para isso, siga nossas sugestões a seguir:

– O primeiro passo é treina-lo para responder comandos básicos como sentar e ficar. Isso é muito importante para que o cão compreenda as suas necessidades.

– Para evitar a perseguição, utilize-se do reforço positivo. Sempre que você dizer ‘senta’ ou ‘fica’ e ele obedecer, volte e lhe dê um petisco. Pergunte ao seu veterinário qual é o tipo ideal para o seu cão e o presenteie, assim tornando aquele momento algo positivo e agradável para o cão e o fazendo obedecer você.

Lembre-se de ser constante, fazendo com que os comandos sejam dados de forma diária para aumentar assim a confiança do cão e pouco a pouco ensina-lo que não deve perseguir você por todo o canto.

– Lembre-se também de aceitar sua companhia, afinal cães são seres sociais e odeiam ficar sozinhos. Deixe ele brincar com você e lhe faça companhia também, assim fortalecendo a relação entre cachorro e tutor.

– Caso haja muita dependência, o melhor truque é adotar um irmãozinho. Assim, ele ficará menos dependente da sua companhia, menos carente e terá com quem gastar sua energia.

Entretanto, sempre tenha em mente antes de adotar que cachorros são seres sociais que não devem ficar sozinhos. Cães não nasceram para ficarem amarrados em frente a casa ou em canis, eles precisam conviver com você para serem plenamente felizes. Também lembre-se que a vida dele é vinculada a sua e só depende de você prover um ambiente feliz e cheio de amor.

Por que cachorro gosta de seguir seu tutor? 4

Ansiedade de separação

A perseguição pode ser também um sintoma da famosa ansiedade por separação, o mal psicológico que atinge grande parte dos cães. É normal que os cachorros desenvolvam tamanho apego que sofram de ansiedade quando ficam sozinhos durante o dia. Este comportamento gera uma série de problemas de personalidade e pode causar destruição de seus móveis, choro, hábitos repetitivos como morder as patinhas e por último, depressão. Já falamos sobre ansiedade de separação aqui no blog inúmeras vezes, mas vale relembrar suas causas:

– Ficar muito tempo sozinho: cães que ficam muito tempo sozinhos por dia tendem a ficar entendiados, tristes e se sentirem abandonados. Por isso, venha visita-lo no horário de almoço, pague alguém para levar seu cão para passear ao longo do dia e evite que se sinta abandonado.

– Mudar a rotina: Ao mudar a rotina, é normal que seu cachorro fique ansioso. Ou seja, se você caminhava com ele todos os dias e agora parou, ele com certeza sentirá falta do tempo que passava com você e assim acabará desenvolvendo problemas de ansiedade.

– Outros: falta de exercício, traumas, perdas na família, estresse grave e outros problemas podem causar também o transtorno e é preciso ter muito cuidado e atenção para evitar a temida depressão.

Você sabia dessas informações? Comente!

Canecas para Presente