Canecas para Presente

O Akita Inu é uma raça conhecida mundialmente graças a belíssima e emocionante história de Hachiko, o cão que esperou por seu dono em frente a estação de trem por anos após sua morte. Que tal conhecer um pouquinho mais sobre esta fiel raça agora mesmo?

Origem do Akita Inu

Infelizmente não há um registro preciso de sua origem, o que sabemos é que esta é uma raça que pertence a família dos spitz e que surgiu de forma natural na Ásia, sendo mais específica no Japão, há mais de 3 mil anos atrás. O Akita Inu teve grande importância na história humana e é com certeza uma das raças mais antigas do mundo que existe até os dias de hoje.

Personalidade

O Akita Inu é um cachorro um tanto tímido e reservado, sendo de personalidade tranquila e calma até mesmo em momentos de estresse. É equilibrado, dócil e bem resolvido, isso além de sua imensa lealdade. Ele não mede esforços para estar próximo de seu tutor e agrada-lo no que for necessário. É um tanto desconfiado com estranhos, porém ele jamais atacará ninguém sem motivo. Violência com esta raça só ocorre quando há provocação e apelos de agressividade, principalmente contra seu tutor. Este traço o torna um excelente cão de guarda.

Leia mais: Akita Americano: Saiba mais sobre esta raça de cachorro

Akita Inu

É preciso socializa-lo bem para evitar que sua timidez seja muito grande e que acabe desenvolvendo comportamentos não tão agradáveis quando você recebe visitas ou mesmo quando tiver filhos e outros pets. Por isso, dê bastante atenção a fase de formação do cãozinho para evitar problemas posteriores. Mesmo sendo reservado, o Akita Inu não é fã de ficar sozinho o tempo todo, ele precisa do contato humano e por isso é importante que tenha acesso à casa e à família também.

Devido a seu comportamento dominante, sua relação com outros cães é um tanto complicada já que costuma desafia-los constantemente e só a socialização é capaz de resolver este problema. Agora, se você está preocupado com crianças, fique tranquilo. O Akita Inu é um cachorro maravilhoso para a família e seu temperamento tranquilo o faz ser muito paciente diante das brincadeiras, isso além de sua lealdade torna-lo um excelente protetor.

Devido a sua grande força e caráter bem definido, é importante que apenas tutores experientes assumam a responsabilidade de cria-lo, afinal é necessário voz firme e muito treinamento para adaptar um Akita Inu ao dia-a-dia e a hierarquia da casa. Caso você se encaixe no perfil, com certeza irá se surpreender com a lealdade e inteligência deste cão.

Cuidados e saúde

Não existem grandes cuidados com esta raça que é bastante resistente as intempéries e dificuldades. Devido a densidade de seu pelo, é importante que você faça uma escovação diária, principalmente na época das mudanças de temperatura. Além disso, e de suma importância saber alimentá-lo para evitar falhas nutricionais que comprometem rapidamente sua saúde física e de sua pelagem também.

Esta é uma raça que precisa de uma dose média de exercícios diários, sendo necessário caminhar com ele pelo menos duas vezes por dia além de fazer brincadeiras em casa também. Entretanto, e um cachorro que se adapta bem tanto em casas com grandes jardins quanto em um pequeno apartamento. Sobre sua saúde, as doenças mais comuns são displasia de coxofemoral, doenças relacionadas a falhas no sistema imunológico, problemas nos joelhos e também disfunção das glândulas tireoides.

Akita Inu: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 2

É importante que você o leve ao veterinário pelo menos uma vez a cada seis meses além de seguir a risca o calendário de vacinação e desparasitação interna e externa também. Com estes cuidados certamente seu cão será feliz e saudável por muitos e muitos anos.

Curiosidades

– Você sabia que o Akita Inu ficou famoso em todo o mundo após estrelar o filme Sempre ao seu Lado ao lado de Richard Gere de 2009? O filme é um remake do longa japonês que narra a história de um cachorro que levava diariamente seu tutor, um professor de universidade, até a estação de trem.

Entretanto, certo dia ele acaba passando mal no trabalho e após ir ao hospital, falece. Depois disso, todos os dias Hachiko esperava por seu tutor na estação de trem, todos os dias na mesma estação por 10 anos até que faleceu sem compreender que seu dono jamais voltaria.

– A história real de Hachiko ocorreu em uma estação de Tóquio em 1925 e as pessoas ao redor que viam o cãozinho aguardar por seu tutor na estação cuidavam dele, lhe ofereciam amor, comida e carinho. Ao longo dos anos sua história foi ficando conhecida e devido a isso a prefeitura mandou erguer uma estátua em sua homenagem enquanto Hachiko ainda era vivo em 1935.

Você conhecia esta raça? Conte pra nós nos comentários!