Canecas para Presente

O Bulldog Inglês é um cachorro inconfundível, todos conhecemos seu porte baixo e robusto, seu rostinho furioso e seu temperamento tranquilo e carinhoso. Porém, vamos saber mais sobre ele?

Origem do Bulldog Inglês

A raça Bulldog Inglês tem sua origem nas lutas contra touros que ocorriam na Grã Bretanha, o objetivo do cão era ter força suficiente para atacar e prender um touro. Neste período essas lutas eram chamadas de bull-baiting e era um esporte extremamente cruel que felizmente foi proibido no século XIX.

Neste período o Bulldog acabou perdendo a popularidade e começou a desaparecer de forma gradual. Felizmente, alguns imigrantes ingleses que levaram seus cães para os Estados Unidos começaram a manter a raça, o que deu origem ao conhecido Bulldog Americano.

Leia também: Bulldog Americano: Saiba mais sobre esta raça de cachorro

Bulldog Inglês

Entretanto, na Inglaterra o Bulldog original começou a ser cruzado com raças menores e menos agressivas, chegando no Bulldog Inglês que temos hoje. Felizmente, a raça não é mais agressiva nem capaz de lidar com touros, na verdade ela é adorável e de excelente companhia. Aos poucos sua popularidade foi subindo como cão de família, assim chegando a raça que hoje conhecemos.

Personalidade

Dentre suas características mais fortes estão a força, o estado rápido de alerta, sua lealdade e coragem também. O bulldog inglês é conhecido por ser um cão ativo que não deve ficar sozinho por longos períodos. Além disso, formam laços extremamente fortes com seus tutores, sendo um cachorro para ter como companheiro por toda a vida. Seu físico robusto e rosto um tanto mau-humorado costumam passar a impressão errada sobre a raça que tem uma personalidade tranquila, calma e amável. Entretanto, esteja preparado para algumas teimosias.

A raça também é conhecida por ser muito paciente com crianças e serem excelentes para famílias com pequenos humaninhos (hehe). É preciso socializa-lo e ensina-lo muito bem para evitar problemas, isso porque quando bravo o bulldog inglês se torna uma verdadeira fera. Ele costuma defender muito seu território, sua família e suas coisas, ficando muito furiosos quando invadidos. Por isso é importante adestra-los desde cedo para ensina-lo a se acalmar e a ter boas maneiras.

Também são muito possessivos e brigam com unhas e dentes quando alguém quer comer sua comida ou brincar com seus brinquedos, por isso é importante regular bem sua convivência com outros animais além, é claro, da socialização. Também são realizados treinamentos de autocontrole e de obediência para evitar essas situações. Entretanto, essa característica o torna um excelente cão de guarda, ele dará sua vida se preciso para proteger seu lar e sua família, outro fator importante é que ele não costuma latir, apenas em emergências, por isso se torna um bom alarme em casos de invasão.

Bulldog Inglês: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 2

Cuidados e Saúde

É muito importante monitorar a temperatura, isso porque os dias quentes de verão são um risco para a saúde de um Bulldog Inglês. Seu rosto achatado dificulta a respiração dos cães desta raça, assim também dificultando a regulação da temperatura. Outro fator de risco são os exercícios de alto impacto, portanto os evite e prefira caminhadas calmas e longas. Nunca deixe um Bulldog Inglês em ambientes pequenos e fechados para evitar choques térmicos e deixe-o sempre dentro de peças fechadas longe do sol com muita circulação de ar.

Como característica geral, não é muito ativo e por isso não precisa de muita quantia de exercícios, além disso se adapta bem para viver em apartamentos já que não é fã de jardim ou do sol. Ele também costuma babar muito, por isso mantenha sempre bem higienizada sua boca. É preciso pente-alo de duas a três vezes por semana devido a sua perda regular de pelos, além disso limpe com pano úmido ou esponja levemente umedecida suas ruguinhas do rosto, pescoço e cauda para evitar acúmulo de sujeira. Depois de limpar, seque a área com pano seco.

Sobre sua saúde, existem inúmeras doenças hereditárias a qual está sujeito isso além de outros problemas de saúde. Dentre os mais comuns estão a displasia de quadril e também de cotovelo, problemas respiratórios constantes, catarata, ceratoconjuntivite, entrópio, palato alongado, cauda invertida, problemas de pele e também a temida torção gástrica. Em função de todos esses problemas a visita veterinária constante é muito importante para prevenir e melhorar a qualidade de vida dos cãezinhos desta raça. Além disso, não esqueça da vacinação e também da desparasitação interna e externa.

Você conhecia todas essas informações? Comente!