Canecas para Presente

Se você é tutor de um cão da raça Shar Pei, certamente deve se preocupar com a polêmica e conhecida febre do Shar Pei. Porém, você sabe o que ela é ou quais sintomas causa? Vem comigo, eu conto para você.

O que é a febre do Shar Pei?

A febre do Shar Pei, também chamada de febre familiar, é uma doença que passa de geração para geração e, infelizmente, mesmo com muitos estudos ainda não se sabe exatamente qual organismo a provoca. Alguns pesquisadores afirmam que a causa da doença é o excesso de ácido hialurônico, o componente que faz a pele dos cães desta raça ser cheia de ruguinhas. Porém, nada foi confirmado. O que realmente se sabe é que a febre que atinge a raça funciona como um mecanismo de defesa que é ativado quando o cão sofre de algum ataque de agente patógeno.

Leia também: 9 sinais que indicam que a saúde do seu cachorro não está bem

febre do Shar Pei

Sintomas

Dentre os principais sintomas podemos apontar a febre que varia entre 39º e 42ºC, inflamação em uma ou diversas articulações, inflamação no focinho e incômodos abdominais. Por ser uma doença hereditária, os cães começam a sentir seus sintomas antes mesmo dos 18 meses de idade, porém não são raros os casos em que o problema se apresente após os 3 ou 4 anos. A articulação que comumente é atingida é chamada de jarrete, esta é a articulação que fica na parte inferior da pata e superior da cana, ali se concentram os movimentos de flexão e extensão das extremidades posteriores.

Também existem vezes em que a inflamação ocorre na volta desta região, além disso é comum que ela atinga o focinho provocando muita dor em nosso amigo peludo, atingindo os lábios também. Já o desconforto abdominal acaba provocando falta de apetite, de resistência a movimento e causa vômitos e diarreias.

Como tratar?

Caso você suspeite que seu cão esta com a doença o primeiro passo é leva-lo ao veterinário o mais rápido possível pois um diagnóstico precoce é a chave para evitar problemas maiores. Já no consultório o primeiro passo é a aferição da temperatura, caso constatada a febre mesmo o profissional irá ministrar antipiréticos para baixar a temperatura. Caso ela persista, pode ser necessária a administração de antibióticos, já para aliviar a inflamação deve ser dado anti-inflamatórios não esteroides.

Infelizmente, a febre do Shar Pei não tem cura e pode inclusive avançar para uma grave doença chamada amiloidose, por isso ao menor sinal de algum dos sintomas é importante que você leve o cãozinho ao veterinário, tudo bem?

O que é a Febre do Shar Pei? 2

O que é amiloidose?

A amiloidose é a complicação da febre do Shar Pei, ela consiste em um grupo de doenças causadas por depósito de uma proteína chamada amiloide, ela ataca as células do rim e embora tenha tratamento, sua agressividade pode facilmente causar a morte do animal. Esta ocorre por insuficiência renal ou parada cardíaca dentro de um período máximo de 2 anos. Por isso, caso seu cão tenha sofrido com a febre do Shar Pei, é preciso informar o veterinário para que precauções sejam tomadas afim de evitar a amiloidose.

Importante

Esta é uma matéria informativa apenas, ela não dá diagnósticos ou prescreve medicamentos. A febre do Shar Pei não é brincadeira, por isso leve a sério e realize os tratamentos com responsabilidade para evitar complicações e o óbito do seu melhor amigo peludo.

Sempre que tiver dúvidas, recorra a seu veterinário de confiança, além disso mantenha as vacinas e desparasitações em dia assim como as visitas regulares ao veterinário para saber se está tudo bem com seu Shar Pei – o mesmo vale para qualquer outro cãozinho seja ele de raça ou vira-latinha.

Você sabia de tudo isso? Comente!