Canecas para Presente

O Poodle é um cachorro divertido e adorável, cheio de energia e pronto para toda a aventura que você propor. Entretanto, será que você sabe tudo sobre essa raça? Vamos descobrir agora!

Origem do Poodle

Sua origem é muito antiga, incerta e controversa, entretanto pesquisadores afirmam que tudo tenha ocorrido na França. Sabe-se que e que seu antepassado foi o Barbet, um cachorro de água que era extremamente popular em toda a Europa, porém principalmente na Alemanha. Durante o século XVI o barbet era utilizado como um cachorro nadador e também um acompanhante das caças, assim resgatando as presas abatidas.

Dizem que ‘poodle’ surgiu do vocábulo alemão ‘pudel’ que significa nadar. Já em Francês, a raça era conhecida como ‘chien canard’ ou simplesmente ‘caniche’. devido também a seu talento de resgatar patos e outras aves aquáticas após a caçada. O poodle só se tornou um cão de companhia depois do século XVI quando começou a ingressar nas cores europeias com ênfase na França. Sua elegância e inteligência chamavam atenção por onde quer que passassem.

Leia também: As 10 raças de cachorro mais populares do Brasil

Poodle

As tosas estilizadas também surgiram neste período e se mantem até os dias de hoje, sendo que atualmente esta é uma das raças mais populares em todo o mundo. Existem cães da raça Poodle de todos os portes, desde o toy ao grande, e este também é um dos fatores que a faz tão querida.

Personalidade

Já falamos sobre sua origem, agora chegou a hora de conhecermos sua personalidade. O Poodle é uma raça muito fiel, alegre, brincalhona e inteligente. Possuem grande facilidade para aprender e faz parte do top 5 de raças mais inteligentes do mundo. Gostam muito de nadar, correr e também de capturar coisas com sua boca. Uma curiosidade interessante é que quanto maior o porte do Poodle, mais tranquilo ele tende a ser.

Também são muito disciplinados e ideais para famílias que estão tendo seu primeiro contato com cães, sendo os de porte grande os mais indicados para tutores de primeira viagem. Além disso, não exigem grandes quantias de exercícios, sendo que uma caminhada por dia basta para eles associada a brincadeiras que estimulem sua inteligencia. Se forem bem socializados durante a primeira infância, certamente se darão bem com crianças e outros animais também.

Cuidados e saúde

Apesar de cacheado, o pelo desta raça costuma embaraçar com facilidade e por isso é de suma importância escová-lo de duas a três vezes por semana no caso de serem cães de companhia. Sua tosa também precisa se manter em dia, sendo necessário fazê-la a cada um ou dois meses. Esta é a mesma frequência de banho recomendado a raça. Como de costume, eles também não gostam de ficar sozinhos e precisam de muita companhia. Ou seja, esta não é uma raça para viver apenas no jardim, eles precisam do convívio diário, de muito carinho e amor.

Costumam se adaptar bem tanto em apartamentos quanto em casas, entretanto caso vivam em cômodos pequenos é necessário um mínimo de dois passeios diários com duração relativa ao seu porte. Os poodles gigantes adoram viver no campo, com muito espaço livre para correr e pular. Eles gostam muito de brincar de cabo de guerra e de buscar a bolinha, assim gastando sua energia.

Poodle: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 2

Sobre sua saúde, em geral é uma raça bastante saudável, precisando dos cuidados regulares com vacinação, visitas ao veterinário e desparasitação interna e externa. Além disso, tendem a sofrer de adenite sebácea, torção gástrica, doença de Addison, displasia de quadril, catarata e epilepsia.

Educação

A socialização também se faz necessária nesta raça para evitar que se tornem tímidos diante de estranhos ou que não gostem de crianças e/ou outros animais. Entretanto, é muito raro que um Poodle se torne agressivo, sendo muito tolerantes e tranquilos. Entretanto, seu instinto caçador exige força na socialização com pets pequenos e vigilância constante. Sobre adestramento, são muito fáceis de ensinar truques de qualquer modalidade a partir do reforço positivo.

Dentre seus problemas de comportamento comuns estão os latidos e a destruição de objetos. Entretanto, este traço costuma aparecer apenas se suas mentes não são estimuladas. É de suma importância reservar de 5 a 10 minutos por dia para praticar comandos básicos, assim alimentando suas mentes sedentas por conhecimento.

Aposte em jogos de inteligência e em truques divertidos para divertir-los e estimular seu corpo e mente. Nada melhor do que um tempo ao lado deste incrível cachorro para descobrir o quanto são carinhosos, brincalhões e inteligentes.

Você tem ou já teve um Poodle? Conte como foi sua experiência!