Canecas para Presente

O bulldog francês é um cachorro adorável, companheiro e muito, muito fofo. Não há quem não se apaixone por seus olhos redondinhos e nariz achatado. Entretanto, você conhece todas as informações sobre esta raça? É muito importante ser um expert neste assunto caso você esteja pensando em ter um pequenino desta raça. Vamos lá?

Origem

O bulldog francês surgiu durante a metade do século XIX quando houve a revolução industrial. Neste período, muitos trabalhadores da Inglaterra decidiram migrar para a França e boa parte destes trabalhadores viviam na cidade de Nottingham onde os cachorros da raça Bulldgos eram muito queridos por todos. Logo, é claro que os cachorrinhos acompanharam os donos nesta jornada de descobertas. Nesta época, alguns deles eram muito, muito pequenos e outros tinham as orelhinhas bem erguidas e os ingleses não apreciavam muito essas características.

Entretanto, na França eles fizeram sucesso, principalmente entre as mulheres que se apaixonavam e já levavam para casa. Isso fez com que muitos comerciantes de animais vissem ali uma oportunidade de ouro e assim originaram a raça que chamaram de Bouledogue Francais, ou simplesmente bulldog francês. Já no final do século XIX os criadores franceses da raça já haviam conseguido criar uma linhagem consistente do pequenino ‘orelhas de morcego’ e isso fez com que algumas famílias nobres começassem a querê-lo também. Com o tempo, a raça foi trazida também para a América onde ganhou grande popularidade, sendo que hoje ela é conhecida em praticamente todo o mundo.

Bulldog francês: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 3

Personalidade do Bulldog Francês

O bulldog francês é um cachorro muito companheiro, são brincalhões, sociáveis e muito doces. Eles são facilmente socializados a pessoas, cachorros e também outros animais, também gostam muito de crianças e são muito carentes, adoram uma carícia. Não é uma raça que dê muitos problemas, porém sofrem bastante com a ansiedade por separação – isso pode o tornar um tanto destruidor ao ficar sozinho por muito tempo.

É muito importante não deixa-lo isolado do movimento, eles gostam de ficar junto dos tutores o tempo todo e odeiam ficar sozinhos. Eles são indicados para pessoas que tenham famílias com crianças ou ainda pessoas sozinhas, também são ótimos para tutores iniciantes desde que reserve um bom tempo para ele todos os dias para brincadeiras, caminhadas e passeios de carro (eles adoram!).

Características físicas

O bulldog francês é um cachorro pequeno que pesa entre 8 e 14 kg, nesta raça o tamanho deve ser proporcional ao peso, não existindo medidas pré-definidas. Eles são bastante fortes, com corpo robusto e ossos sólidos, sendo um pequeno gordinho bem forte. Possui as costas largas e com músculos bem distribuídos, também possui o lombo largo e curto, peito cilíndrico e profundo, além disso seus flancos são levantados até o nível do ventre.

Ele possui também a cabeça larga e quadrada, dobras e rugas em toda a sua pele. Possui o rosto achatado e nariz largo, curto e levantado. Seus olhos são grandes, escuros e redondos, tornando sua expressão bem desperta. Suas orelhas são médias, largas e possuem a base larga e redonda, isso além de serem bem erguidas. Sua cauda é bem curtinha, grossa na base e fina na pontinha. Possui uma bela pelagem macia, brilhante e curta. Podem ser brancos, tigrados e brancos, fulvos, tigrados, creme ou tigrados escuro.

Leia também: Dálmata: Saiba mais sobre esta raça de cachorro

Bulldog francês: Saiba mais sobre esta raça de cachorro 4

Cuidados necessários com Bulldog Francês

Seu pelo é muito fácil de ser cuidado já que possui pelagem curta. É necessário apenas uma escovação semanal que remova os pelos soltos, já os banhos devem ser apenas uma vez por mês caso não fiquem sujos em passeios. Porém, suas rugas podem juntar bastante sujeira, por isso é importante que você as limpe pelo menos uma ou duas vezes por semana com um pano úmido, retirando a sujeira aos poucos e com carinho.

Mesmo sendo muito brincalhão e cheio de energia, ele costuma se cansar fácil e por isso você pode fazer seus exercícios em casa mesmo. Porém, é muito importante que passeie com ele diariamente para que sua mente seja estimulada, além disso este hábito ajuda na socialização e também estimula a produção de endorfina, assim deixando-o feliz e menos ansioso quando você sai para o trabalho. Devido a sua carência, é importante caminhar com ele antes de sair para o trabalho e depois, deixar diversos brinquedos e distrações para que ele não fique nervoso e destrua todo o seu sofá.

Eles odeiam climas quentes devido ao seu nariz achatado, além disso tem tendência a hipersensibilidade à anestesia. Devido a sua facilidade com choques térmicos, é importante que você não force exercícios físicos de grande intensidade, caminhar curtos trajetos com paradas em parques é a melhor estratégia para deixa-lo feliz e satisfeito. Não é um bom nadador e por isso, caso você tenha piscina, tenha muito cuidado. São ótimos para pessoas que vivem em apartamentos e não costumam dar trabalho.

Você conhecia essas informações? Comente!