Canecas para Presente

Com o inverno chegando, é normal começar a se preocupar com gripes e resfriados. Porém, será que além de começar a tomar vitamina C, você precisará se preocupar com seu cachorro gripado também? É o que vamos descobrir!

A resposta, meu amigo, é sim. Infelizmente nossos amigos peludos podem ficar grupados e você precisa ficar preparado. Porém, antes de começar esta matéria é importante dizer que a gripe canina não é transmitida para seres humanos. Mas sem mais delongas, vamos as informações!

Leia também: Cachorro pode ter conjuntivite?

gripe

Causas da gripe

A gripe canina não é classificada como uma zoonose, ou seja, uma doença transmissível para seres humanos. Entretanto, não é por isso que não precisa ser tratada, afinal ela pode ser transmitida para os demais cachorros da casa, isso além de deixar o cãozineo muito mal. Ela consiste em uma doença respiratória de alto contágio que se desenvolve em animais com imunidade baixa.

A primeira vez que a gripe canina foi registrada ocorreu em 2004 e se desenvolveu em cachorros da raça Galgo, na época a doença foi batizada como H3N8 e é muito parecida com nosso vírus de grupe humana, além disso os sintomas também são muito semelhantes. Ao pesquisar, os cientistas descobriram que a gripe na verdade começou com os cavalos antes de ser relatadas nos cães. Para resumir: a gripe canina é transmitida através do vírus H3N8 e se desenvolve em cachorros com a imunidade baixa.

Sintomas

Os sintomas são muito semelhantes aos que se manifestam em um ser humano gripado, sendo que a doença fica assintomática de 2 a 5 dias na famosa fase de replicação viral. Depois disso, são apresentados os seguintes sintomas:

  • Febre
  • Diarreia
  • Mal-Estar
  • Coriza
  • Corrimento nasal constante
  • Tosse
  • Espirros

Diagnóstico

Sempre que qualquer sintoma anormal começar a surgir em seu amigo de quatro patas, é importante que você visite seu veterinário de confiança para buscar o diagnóstico correto. Isto porque apesar das suspeitas, apenas um exame clínico e laboratorial poderá afirmar o diagnostico correto, assim garantindo o melhor tratamento. Ao chegar a clínica o profissional irá pedir um teste específico de anticorpos através de uma coleta de sangue ou da coriza causada pelo vírus. É preciso refazer o exame de 10 a 14 dias após a identificação da doença para garantir que o seu cachorro tenha se curado completamente.

Tratamentos comuns

Como dito acima, apenas um profissional poderia indicar o tratamento ideal para a gripe do seu cachorro, então não comece com remédios caseiros para que o quadro não piore. Medicações antivirais humanas são totalmente proibidas, isto porque além de possuímos cepas virais diferentes, também não há como saber quais seriam os efeitos colaterais desta medicação em cães.

Além disso, é importante lembrar que não há no mercado ainda nenhum antiviral específico, logo o corpo do cachorro terá que se curar sem auxílio. Você precisará apenas tratar os sintomas e fortalecer o sistema imunológico do cãozinho através de medicamentos de fluidoterapia para evitar a desidratação, analgésicos para as dores de cabeça e no corpo, antitérmicos caso ele tenha febre e antibióticos para prevenir diversas infecções.

Também é de suma importância que o ambiente onde o cão doente está seja higienizado, que lhe seja dada uma boa e balanceada alimentação – você inclusive pode pedir ao veterinário indicações de frutas e verduras que ajudem neste momento. A convivência com os demais cachorros teve ser restrita até que o cãozinho doente fique saudável novamente, além disso o ambiente dele precisa estar quente e confortável para que o quadro não piore.

Como é a gripe canina? 2

Complicações

Assim como em, nós, humanos, a gripe canina quando não tratada pode piorar rapidamente. O que significa dizer que caso você demore a iniciar o tratamento, é possível que seu cachorro desenvolva uma grave pneumonia. Assim como nos seres humanos, está é uma doença canina grave que causa problemas sérios no sistema respiratório do pobre cachorrinho.

Por isso, jamais brinque com a saúde do seu amigão. Já nos primeiros sintomas, leve-o ao veterinário para pedir as medicações indicadas e já o proteja do frio, da chuva e de elementos que possam baixar sua imunidade. Como prevenção, você também pode trabalhar esta parte através da alimentação balanceada rica em antioxidantes que auxiliam a fortalecer o sistema imunológico.

Também lembre-se sempre de manter todas as vacinas em dia, assim como o calendário de desparasitação também. Um cachorro bem cuidado é um cachorro saudável e feliz. Lembre-se disso e jamais brinque com a saúde do seu filho peludo.

Você já conhecia todas essas informações? Sabia que cachorro pode ficar gripado? Comente e conte pra gente a sua experiência!