Canecas para Presente

O frio chegou e com ele as terríveis doenças que o acompanham, tanto para nós quanto para os cachorros. Isso mesmo, você leu certo, os cãezinhos também sofrem com as mudanças de temperatura e uma das doenças mais recorrentes é a gripe. Saiba agora tudo sobre ela e como fazer para proteger seu cachorro.

O que é a gripe canina?

A gripe canina, também chamada de influenza canina, é um tipo de doença respiratória que é causada por um tipo de vírus da gripe que recebeu o nome de Influenza A. Ela é extremamente contagiosa e costuma ser mais frequente em estações chuvosas ou de inverno, porém nos meses secos ela também pode aparecer e estragar o dia.

Felizmente, a gripe canina não apresenta risco de vida, porém isso não quer dizer que você não deve leva-la a sério. É preciso tomar diversos cuidados para proteger seu cachorro e evitar que o quadro se agrave. Como toda doença respiratória, é possível que a gripe quando não cuidada evolua, assim causando grandes danos a saúde do pequeno peludo.

Cachorro pode pegar gripe? 3

Como o cachorro pega gripe?

Pois bem, da mesma forma que a gripe humana, a gripe canina ocorre através da transmissão de um vírus e para que ocorra o contágio é preciso que o cachorro:

– Tenha convivido com algum animal infectado;

– Compartilhe comedouros ou bebedouros com outro animal doente;

– Tenha tido contato com um cachorro adoecido em algum parque ou área fechada – como a sala de espera do veterinário, por exemplo

Para que seja infectado, é necessário que sua imunidade não esteja com a força toda. Ou seja, seu cachorro só irá contrair a gripe se suas defesas estiverem debilitadas. É por isso que a gripe costuma se manifestar em épocas frias e chuvosas do ano, afinal as mudanças de temperatura são as piores vilãs quando o assunto é imunidade.

Vale ressaltar que a gripe canina é contagiosa apenas entre cães, jamais sendo transmitida para humanos. Além disso, nenhum medicamento humano deve ser dado para os cachorros já que os tipos de vírus são totalmente diferentes.

Quais são os sintomas?

Para ter ideia se seu cachorro está ou não com gripe, primeiro você precisa fazer um checklist com os sintomas que ele está apresentando. Vale ressaltar que apenas seu veterinário de confiança poderá dar o diagnóstico correto e receitar os melhores remédios. Veja a seguir os sintomas mais comuns que se apresentam durante a gripe:

– Tosse;

– Apatia;

– Coriza;

– Olhos lacrimejando;

– Perda do apetite;

– Febre.

É claro que nem todo cachorro apresenta exatamente estes sintomas ou todos eles, é comum que apenas um que outro se apresente, isso sem falar nas variações que podem ocorrer. Por isso vale ressaltar novamente que apenas seu veterinário de confiança pode fazer o diagnóstico preciso, então se você suspeitar de gripe, não demore para marcar uma consulta. Um diagnóstico precoce previne as mais diversas complicações da doença e garantem a qualidade de vida e saúde do seu amigão.

Mas e o tratamento?

Se você suspeita de gripe, deve marcar uma consulta veterinária. Lá o profissional irá fazer algumas perguntas, realizar um exame físico e eventualmente exames laboratoriais também. Uma vez diagnosticado, é indicado que você aposte em uma alimentação equilibrada e saudável para restabelecer a imunidade do seu cão.

Além disso, é possível que seja necessário dar antibióticos ou anti-inflamatórios também dependendo de como estiver o quadro. Por último, você deve agasalha-lo e protege-lo do frio, chuva e umidade, assim o mantendo dentro de casa em segurança.

Cachorro pode pegar gripe? 4

Nessa situação é perfeitamente normal que seu cachorro fique bem carente e manhoso, porém não se assuste. Esta é uma doença de cura fácil e que quando tratada corretamente não costuma se agravar. O mais importante é que você mantenha seu cachorro agasalhado e quentinho longe do frio e também que o permita descansar bastante para se recuperar.

Prevenção

O melhor remédio é não precisar de nenhum, hehe. Isso significa dizer que é muito importante que você mantenha a imunidade do seu cachorro sempre forte. Para isso, aposte em muita água fresca, alimentação balanceada e rica em nutrientes e claro, mantenha a vacina da gripe em dia assim como o calendário de desparasitação.

Caso tenha dúvidas de como fazer isso, questione seu veterinário sobre qual seria o cardápio ideal para que a imunidade do seu cão seja fortalecida. Quais frutas, verduras e legumes devem ser dadas aliadas a qual ração. Isso irá ajudar a prevenir não apenas a gripe canina como diversas outras doenças, então fique atento.

Você sabia de tudo isso? Comente!